Aldeias de Montanha homenageiam queijeiras com criação de capa exclusiva em burel

A Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha (ADIRAM) vai homenagear as queijeiras da Serra da Estrela com a criação de uma capa exclusiva em burel, denominada “Queijeira”. A ADIRAM refere, em comunicado, que as queijeiras da Serra da Estrela “são responsáveis por um dos produtos mais genuínos e tradicionais da região”, reconhecido “nacional e internacionalmente pela sua excelência”. Por isso, “chegou o momento de homenagear estas mulheres, com a criação de uma capa exclusiva noutro dos materiais nobres do território, o burel”.

O projecto pretende “empoderar, dar presença e voz a mulheres que, como tantas outras, por vezes, são as heroínas ‘invisíveis’ da sociedade e da cultura”, refere.

No âmbito da iniciativa, será apresentada uma peça de ‘design’ único em burel, de produção local, que irá celebrar o saber ancestral das queijeiras. “Tradição e modernidade tomam assim forma numa capa cujos lucros das vendas revertem para a capacitação das queijeiras, dotando-as de ferramentas para a gestão da sua vida pessoal e profissional”, explica a entidade organizadora.

Segundo a ADIRAM, a iniciativa “tem como objectivo impactar, numa primeira fase, 40 queijeiras dos nove concelhos da Serra da Estrela, mas o intuito é escalar para um universo mais abrangente”.

Já aderiram ao projeto 22 queijeiras dos concelhos de Seia, Oliveira do Hospital, Gouveia, Guarda, Celorico da Beira e Fornos de Algodres.

A fonte explica que “a simplicidade serve de mote para todo o conceito criativo, para o corte, os acabamentos e para o nome” da capa “icónica e única na sua essência”, que se chama “Queijeira” e foi criada pela ‘designer’ Sandra Pinho, da Fauna Creative Labs.

“A inspiração partiu da forma simples do queijo e é produzida na Burel Factory, em Manteigas, empresa liderada por uma mulher, Isabel Costa. A beleza natural do burel fica em evidência, em três versões diferentes: uma capa mais curta e prática, uma capa mais comprida que é um ‘statement’ de estilo e uma ‘Queijeirinha’ para as crianças”, é referido.

A iniciativa pressupõe a realização de um curso de formação em ‘soft skills’ e partilha de conhecimento “para o empoderamento pessoal e profissional” das mulheres abrangidas, através de uma parceria com Rita Pelica (Chief Energy Officer & Founder ONYOU).

Ainda no âmbito do projceto e numa colaboração com a jornalista Ana Rita Ramos, serão reunidas num livro as histórias, as tradições, os testemunhos e os saberes das queijeiras.

A nível da comunicação, o projecto conta com o apoio da ‘designer’ de comunicação Ana Melo, doutoranda da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa com uma investigação sobre o papel do ‘design’ na valorização e reinvenção dos territórios do Interior.

O lançamento do projecto será feito no Sábado, às 16:30, num evento em ‘live streaming’, a partir de uma Aldeia de Montanha da Serra da Estrela, via redes sociais das Aldeias de Montanha, com a presença de todas as mulheres que o lideram.

O ‘website’ Queijeiras, que vai estar disponível no dia 29, dará a conhecer todas as queijeiras envolvidas e será um dos locais de venda da capa, que também estará disponível na loja ‘online’ da Burel Factory e em outros locais que, entretanto, venham a ser seleccionados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close