AMT dá luz verde à prorrogação da concessão dos transportes públicos na Guarda à Transdev

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) deu luz verde ao concurso público para a aquisição de serviço público de transporte rodoviário de passageiros de Almeida (Guarda) e à prorrogação da concessão e estabelecimento de compensações no serviço de transportes públicos urbanos de passageiros da Guarda.

No caso da Guarda, o respectivo contrato é transitório e de duração limitada, uma vez que os serviços em causa estão integrados nos futuros contratos resultantes de procedimento concursal em curso e a cargo do Município.

A proposta de compensação foi aprovada pelo executivo municipal na semana passada, tendo o vereador social-democrata Sérgio Costa optado pela abstenção por considerar que os cerca de 226 mil euros (19 mil euros mensais) que a autarquia vai pagar à Transdev poderia ser evitado se o concurso o público para a concessão dos transportes «tivesse sido lançado mais cedo».

Os vereadores do PS (Cristina Correia e Manuel Simões) também se abstiveram, não deixando de criticar todo o processo e de lamentar que o concelho da Guarda «continuará a não ter transportes urbanos que possam dignificar e alavancar um projecto de desenvolvimento económico e social».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close