ARGUIDO NEGA QUE FOSSE EM DESPIQUE COM A MOTO-QUATRO

O Tribunal da Guarda começou a julgar na passada Sexta-feira o condutor de um veículo ligeiro que, em Janeiro, atropelou mortalmente duas mulheres que circulavam no passeio da Avenida Cidade de Bejar. O arguido, que está acusado de dois crimes de homicídio por negligência grosseira e de um crime de condução perigosa de veículo rodoviário agravado pelo resultado, negou na primeira audiência que fosse em despique com uma moto-quatro .

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close