Bibliotecas da Comunidade Intermunicípal das Beiras e Serra da Estrela ligadas em rede e com oferta partilhada

As bibliotecas dos 15 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) vão passar a estar ligadas em rede e dis-ponibilizarão os respectivos acervos de forma partilhada. A iniciativa é da CIM-BSE e avançará em parceria com a Universidade da Beira Interior (UBI), com o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas.
«É um projecto baseado numa plataforma já existente e que servirá de chapéu para que todos os acervos que hoje estão individualizados em cada biblioteca possam estar disponíveis em conjunto, ou seja, qualquer pessoa que venha, por exemplo, à Biblioteca do Fundão, quando acede a essa plataforma terá acesso a todos os livros que estão disponíveis em cada uma das bibliotecas, podendo-os requisitar», explicou o presidente da CIM-BSE, Paulo Fernandes.
Paulo Fernandes, que também é presidente da Câmara do Fundão, falava na cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação, realizada naquela cidade do distrito de Castelo Branco com a presença dos autarcas ou representantes dos 15 municípios abrangidos. Segundo adiantou, este projeto poderá abarcar mais de 30 mil utilizadores, que passam a ter a acesso a cerca de 600 a 700 mil docu-mentos, o que se constitui como «uma clara mais-valia» para a promoção do conheci-mento e investigação.
Paulo Fernandes vincou ainda que a iniciativa assenta numa lógica de optimização de recursos e que permitirá uma pou-pança no que concerne à utilização do sistema informático, que parte de um “software” livre criado pelos serviços da UBI.
Por outro lado, o autarca destacou a representativi-dade deste projecto para aquilo que é o modelo de união que a CMI-BSE defende para este território. «Mais do que anunciarmos que vamos cooperar, é muito importante termos projectos concretos que materializem essa colaboração e acho que este é um dos primeiros projectos que materializa o que é a geografia comum das Beiras e Serra da Estrela», afirmou.
O projecto implicará um investimento total de 80 mil euros (a realizar em duas fases) e o trabalho de imple-mentação já está a ser desenvolvido, prevendo-se que dentro de seis meses os acervos alargados já estejam ao dispor dos utilizadores. Além das bibliotecas munici-pais, esta rede também integrará as bibliotecas da UBI e do IPG, bem como algumas bibliotecas escolares.
A CIM-BSE é constituída por 12 municípios do distrito da Guarda (Almeida, Celo-rico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Mêda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e por três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close