TB

Câmara da Guarda celebrou o ano passado 95 ajustes directos e 14 contratos após concurso público

O executivo da Câmara da Guarda, liderado pelo social-democrata Álvaro Amaro, celebrou o ano passado 95 ajustes directos, correspondendo a um total aproximado de dois milhões e 425 mil euros, e 14 contratos com base em concursos públicos, representando uma verba total de mais de 2,9 milhões de euros. Em 2014, que foi o primeiro ano de mandato da coligação PSD/CDS na autarquia da Guarda, foram efectuados 55 ajustes directos, representando uma verba global de cerca de um milhão e 697 mil euros, e dez contratos celebrados após a realização de concursos públicos, no total de dois milhões e 368 mil euros. Os dados constam do portal www.base.gov.pt.
Os eventos “Feira Ibérica de Turismo” (FIT), que decorreu no Parque Urbano do Rio Diz, e “Guarda, A Cidade Natal” e “Guarda, A Cidade do Gelo” (estes dois eventos decorreram em simultâneo), são os que surgem com maior orçamento.
No caso da FIT, que decorreu em Abril no Parque Urbano do Rio Diz, houve cinco ajustes directos, ascendendo os 218 mil euros, sendo 68.410 euros foi para a promoção; idêntica verba para a organização, logística e implementação de estruturas; 67.400 euros para o aluguer de equipamentos; cerca de 8 mil euros para a segurança e 7.560 euros para a montagem do stand do município na FIT.
Para a animação natalícia foram celebrados sete ajustes directos, num total de mais de 346 mil euros (acrescido de IVA). A sociedade “Domingo no Mundo” (que tem como gerente o cantor André Sardet) ficou responsável pela organização e produção do evento “Guarda, A Cidade do Gelo”, recebendo 68.954 euros (acrescido de IVA). A “Gravity Balance” vai receber 74.920 euros pelo aluguer de estruturas para o mesmo evento, assim como a “3XL Segurança Privada” vai receber 14.140 euros pelos serviços de segurança para aquele evento. A divulgação e promoção do “Guarda, A Cidade do Gelo” ficou a cargo da “Timecapsule”, recebendo por isso 74.940 euros (mais IVA). Para a realização e produção do “Guarda, A Cidade Natal”, a “Estudinvest – Publicidade e Marketing” vai receber 69.990 euros (mais IVA). A iluminação natalícia ficou orçada em 19 mil euros, verba que vai ser entregue à empresa “Bernardino Castro, Serviços Festivos”.
No que respeita a concursos públicos, a verba mais elevada foi para o fornecimento de energia eléctrica em BTN – iluminação pública que ultrapassa os 481 mil euros (mais IVA), seguindo-se o licenciamento de “software” para o município (mais de 310 mil euros, acrescido de IVA) e da remodelação do Caminho Municipal 1166 (253 mil euros, acrescido de IVA).
Destaca-se ainda a remodelação do Pavilhão do Parque Municipal (cerca de 148 mil euros, acrescido de IVA), onde chegou a funcionar a empresa Adecco com um “call center”, para ser ocupado pela Randstad, que fornece serviço de gestão de pessoas. Esta empresa de “contact center”, que tem como um dos principais clientes a Altice (dona da PT), pagará uma renda mensal de 670 euros pelo espaço e propõe-se criar até 180 postos de trabalho dentro de um ano e meio, após a abertura, que ocorreu no final de Julho do ano passado.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close