Câmara da Guarda diz que foram aumentados meios para fazer frente à queda de neve

O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, anunciou na passada semana que foram aumentados neste Inverno os meios materiais e humanos para responder às situações relacionadas com a queda de neve na cidade mais alta do país.
Segundo o autarca, que presidiu à cerimónia de apresentação do Plano Operacional Municipal para Episódios de Neve no Concelho da Guarda, o novo dispositivo regista um aumento significativo em relação ao inverno passado, contemplando 191 elementos operacionais (no anterior eram 143) e 85 meios materiais (o anterior envolvia 49 veículos) de diversas instituições e entidades locais.
«O que nós dizemos é que este reforço de meios humanos, este reforço de equipamentos, que de facto é significativo, dá substância a essa ideia que nós vimos trabalhando: nós não queremos a cidade da Guarda uma cidade bloqueada, nós queremos demonstrar que somos uma cidade preparada», afirmou Álvaro Amaro aos jornalistas no final da sessão realizada na sala António de Almeida Santos, nos Paços do Concelho.
O autarca indicou ainda que o plano, liderado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil, articulará todos os meios e entidades envolvidos. «Hoje ficou aqui uma nota que é muito importante: que mal se active o plano, todas as instituições devem ter conhecimento, para que elas próprias também reajam à activação desse plano. Porque, na verdade, o que se trata aqui é de tornarmos bem oleados os circuitos de comunicação», afirmou.
Álvaro Amaro explicou ainda que, em dias de neve, a principal prioridade será garantir o acesso rodoviário entre as duas autoestradas da região (A23 – Guarda/Torres Novas e A25 – Aveiro/Vilar Formoso) e o Hospital Sousa Martins, através da VICEG – Via de Cintura Externa da Guarda.
O dispositivo inclui a Câmara Municipal da Guarda, o Comando Distrital de Operações de Socorro, a Infraestruturas de Portugal, os Bombeiros Voluntários de Guarda, Gonçalo e Famalicão da Serra, a PSP, a GNR, a Unidade Local de Saúde, as concessionárias das autoestradas e várias Juntas de Freguesias, entre outras entidades.

Queda de neve levou ao encerramento de vias na Serra da Estrela
Na Guarda caiu Terça-feira alguma neve mas não obrigou à utilização dos meios de prevenção. Diferente situação se verificou na Serra da Estrela em que o manto branco ao encerramento de diversos troços, depois de a circulação automóvel estar já proibida em algumas das vias que atravessam o maciço central daquela montanha. De acordo com fonte do Centro de Limpeza de Neve dos Piornos, foi encerrado o troço entre Sabugueiro e Gouveia, Gouveia/Penhas Douradas e Manteigas.
Durante a madrugada tinham sido já encerrados os troços Piornos/Torre/Lagoa Comprida e Lagoa Comprida/Loriga/Sabugueiro, situação que se mantém sem previsões de reabertura.
Segundo a fonte, no terreno estão cinco limpa-neves que têm estado a proceder ao trabalho de limpeza das vias desde que começou a nevar.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close