CTT tomaram conhecimento e vão analisar a recomendação da Anacom

A ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações deu hoje aos CTT – Correios de Portugal um prazo de 20 dias úteis para apresentarem uma proposta que permita a existência em cada concelho de pelo menos uma estação de correios ou um posto «com características equivalentes às da estação». Há poucos minutos, os CTT vieram dizer que «tomaram conhecimento e vão analisar a recomendação da Anacom». Em comunicado, a empresa reafirma que «os CTT mantêm pelo menos um Ponto CTT (Loja ou posto de correio) em todos os concelhos do País, Pontos CTT esses onde são prestados todos os serviços previstos no Contrato de Concessão, incluindo a entrega de objectos avisados, e ainda o pagamento de vales de prestações sociais e de faturas, muitas vezes em horários alargados e com conveniência adicional para as populações». «É, aliás, de referir que o documento hoje publicado pela Anacom não contraria esta conclusão», adianta a administração dos CTT, salientando que «os CTT dispunham a 31/12/18 de 2.383 Pontos CTT em todo o País, o que representa um aumento de 66 desde a privatização em finais de 2013».
A empresa refere ainda que «a nível de objectivos de densidade da rede postal, os CTT consideram que cumprem todas as obrigações legais e contratuais a que estão vinculados». «Os CTT estão contratualmente obrigados a disponibilizar, em cada concelho do País todos os serviços concessionados através de pelo menos um estabelecimento postal, seja uma Loja CTT ou um Posto de Correios, o que se verifica em cada um de todos os 308 concelhos do nosso país, estando os parceiros habilitados a prestar todas as obrigações definidas no âmbito do contrato e cumprindo os requisitos essenciais na prestação desses serviços», pode ler-se ainda no comunicado.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close