Decreto que renova emergência com «poucas diferenças» face ao anterior

O Governo aprovou hoje o decreto que regulamenta a prorrogação do Estado de Emergência, que tem «poucas diferenças» em relação ao anterior e prevê a possibilidade de comemorações oficiais do 1.º de Maio mediante «recomendações das autoridades de saúde».
O anúncio foi feito pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, em conferência de imprensa na Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, depois da aprovação, por via electrónica, do decreto que regulamenta a prorrogação do estado de emergência, incluindo «ajustamentos às medidas aprovadas e adoptando-se outras medidas que se consideram necessárias».
«Este decreto tem poucas diferenças face ao decreto aprovado há 15 dias, além de deixar de ter as medidas relativas à Páscoa, tem ainda a prevista a possibilidade de participação em actividades relativas às comemorações oficias do dia do trabalhador, mediante a observação de recomendações das autoridades de saúde, designadamente em matéria de distanciamento social e através da articulação entre as forças de segurança e os parceiros sociais», referiu Mariana Vieira da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close