Detenção de incendiário em Gouveia

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda deteve, com a colaboração da GNR, um homem fortemente indiciado pela prática de três crimes de incêndio florestal, ocorridos no dia de ontem na área do Município de Gouveia, entre as 20h e as 21h.
Em comunicado, a PJ adianta que o indivíduo tem cerca de 59 anos de idade, sendo suspeito da autoria de três crimes de incêndio florestal, ocorridos no dia de ontem, junto a via de comunicação, que liga as localidades de Arcozelo da Serra e Ribamondego, no concelho de Gouveia.
«O suspeito, aparentemente motivado por interesses de pastoreio, terá ateado os incêndios recorrendo a chama directa, fazendo uso de isqueiro que transportava e que lhe foi apreendido, colocando fogo em pasto e mato, em três pontos distintos e numa linha continua, junto a estrada, apesar das altas temperaturas, da baixa humidade dos combustíveis e do vento que se fazia sentir, bem como das recomendações e alertas das Autoridades de Protecção Civil», refere a PJ.
O detido, pastor e com antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, vai ser presente às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório de arguido detido, e com vista à aplicação das necessárias, adequadas e proporcionais medidas de coação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close