Especialistas revelam que “buraco” na Serra da Estrela é uma ligação ao mar

Contrariamente ao que tem sido noticiado sobre um vídeo feito com drone na barragem do Covão dos Conchos, na Serra da Estrela, o buraco visível na imagem não se trata de um túnel que recolhe as águas da Ribeira das Naves e as encaminha para a Lagoa Comprida, mas sim de uma ligação ao mar. Segundo especialistas marítimos contac-tados recentemente pelo TB, este caso é idêntico ao que ocorre na Lagoa Escura que também tem uma ligação ao mar.
De recordar que, há precisamente 11 anos atrás, em 30 de Março de 1995, o jornal “Terras da Beira” dava conta do aparecimento de um cachalote de cerca de duas toneladas na Lagoa Escura (ver texto ao lado). Um acontecimento que levou os habitantes de Manteigas a acreditar que afinal a lenda da lagoa é mesmo verdadeira.
Agora, com a revelação dos especialistas, que optaram por manter o anonimato, poderá cair por terra a explicação, dada em Fevereiro último, de que o famoso “buraco da serra” não passaria de um canal responsável pelo desvio de águas da Ribeira das Naves até à albufeira da Lagoa Com-prida. A comunicação social chegou a salientar, em Fevereiro, que se tratava de um túnel, construído em 1955, que tem mais de 1500 metros e que cria a ilusão de que a barragem está furada.
Os três especialistas em questões marítimas disseram ao TB que chegaram a libertar alguns sorrisos quando leram as notícias sobre o “buraco”, tendo, de imediato, convocado uma reunião para analisar os dados que vieram a público. Inicialmente era para não reagirem mas, depois de muito ponderarem sobre o assunto entenderam prestar esclarecimentos, embora sob o anonimato uma vez que ainda não tinham obtido autorização da tutela.
Para a população entender melhor este caso, o trio de especialistas aconselha a leitura da “Lenda da Lagoa Escura” (disponível no site e no facebook do Terras da Beira), segundo a qual existiria uma mão gigante que puxava as pessoas para dentro da Lagoa, e que, por isso, se contava, em tempos idos, que eram frequentes vários acidentes e afogamentos naquela lagoa.
Esta lenda viria a ser amplamente divulgada aquan-do do aparecimento de um cachalote na Lagoa Escura. Uma notícia avançada em Março de 1995 pelo TB e que recordamos nesta edição apenas uma pequena parte, podendo o a totalidade do texto ser lida no site ou no facebook do TB .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close