Estreia nacional de um espectáculo de ópera entre os destaques do TMG

A estreia nacional da ópera “Tudo Nunca Sempre o Mesmo Diferente Nada” (23 de Fevereiro), de Tiago Cutileiro, é um dos grandes destaques da agenda cultural do Teatro Municipal da Guarda (TMG) para os primeiros quatro meses do ano. Ao todo serão 54 actividades, não contando com as secções repetidas, 26 das quais no Grande Auditório, o número mais elevado desde que o TMG abriu as portas, a 25 de Abril de 2005, cuja data será comemorada com um concerto de Kátia Guerreiro, que se apresenta pela primeira vez na Guarda. O mesmo acontece com Paulo Gonzo (26 de Janeiro), Helder Bruno (31 de Janeiro), Scott Matthews (2 de Fevereiro), Cristina Bacelar (8 de Fevereiro), Rui Massena Band (16 de Março) e Peter Hook (13 de Abril), um dos grandes destaques da programação, apresentada esta tarde no TMG.

Destaque ainda para o regresso da companhia Olga Roriz, ao fim de 8 anos, com o espectáculo “A Meio da Noite” (23 de Março), a estreia da Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa (17 de Abril), que tem sede na Guarda., o espectáculo de Ruy de Carvalho (4 de Março), o concerto-dança para surdos e outra audições “Syn.Tropia” (18 e 19 de Janeiro), e “Por Terras de Zeca” (23 de Abril), concerto comemorativo do 90º aniversário do nascimento de Zeca Afonso e do 45º aniversário do 25 de Abril.

No teatro, serão apresentadas as peças “Pela Água” (24 de Janeiro), “Gira Mundo” (9 de Fevereiro), “Mas Ninguém Mata a Cegonha” (14 de Fevereiro), “Primavera” (28 de Março) e “Una Donna Sola” (11 de Abril), e na música de realçar os concertos de Closer (12 de Janeiro), Rogério Charraz & Os Irrevogáveis (20 de Fevereiro), Pas Vu Pas Pris (14 de Março), Mano a Mano (3 de Abril), Cindazunda ( 10 de Abril) e Guitarra e Contrabanda (25 de Janeiro).

O stand-up de Salvador Martinha (4 de Março) e o teatro cómico e musical de Yee-Haw (9 de Março) são outras das propostas da programação, que termina com o Síntese – XIII Ciclo de Música Contemporânea da Guarda.

No âmbito da GuardaFolia, o Grande Auditório recebe, a 28 de Fevereiro e 1 de Março, “Eu Saio na Próxima, E Você?”, de Filipe La Féria

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close