GREVE DE NÃO-DOCENTES AGENDADA PARA 4 DE MAIO

Em 4 de Maio, os trabalhadores não docentes fazem greve contra a falta de pessoal nas escolas, a precariedade, os baixos vencimentos e as condições da carreira – exigem o regresso de uma carreira especial interrompida há uma década. A greve poderá ser a «maior de sempre das escolas portuguesas», alertou a Federação Nacional da Educação, lembrando que a maioria dos funcionários ganha o salário mínimo e há milhares com contratos precários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close