Guarda é o segundo distrito com mais idosos a viver sozinhos ou isolados

Há 4008 idosos sozinhos ou isolados no distrito da Guarda. A Guarda é o segundo distrito com mais idosos sozinhos ou isolados, segundo dados da operação “Censos Sénior”, realizada pela GNR em todo o país em Outubro de 2018. Em comunicado, aquela força de segurança informa que foram sinalizados 45.563 idosos a viver sozinhos ou isolados em todo o país, mais 47 do que na operação “Censos Sénior” realizada em 2017.
A GNR adianta que o maior número de idosos identificados foi no distrito de Vila Real (4.515), seguido da Guarda (4.008), Viseu (3.776), Beja (3.715), Bragança (3.385), Faro (3.165) e Portalegre (3.156). Em Lisboa foram identificados 1.138 idosos a viver sozinhos e isolados e no Porto 1.168.
A GNR explica que durante o mês de Outubro de 2018, em todo o território nacional, realizou mais uma edição da Operação “Censos Sénior” que teve como objectivo actualizar os registos das edições anteriores e identificar novas situações de idosos que vivem sozinhos e/ou isolados.
Durante a operação “Censos Sénior 2018”, a GNR, sinalizou 45.563 idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, devido à sua condição física, psicológica, ou outra que possa colocar a sua segurança em causa. As situações de maior vulnerabilidade foram reportadas às entidades competentes, sobretudo de apoio social, no sentido de fazer o seu acompanhamento futuro.
«Durante a operação, os militares privilegiaram o contacto pessoal e a realização de acções em sala, no sentido de sensibilizarem este público-alvo para que não adoptem comportamentos de risco, evitando que se tornem vítimas de crimes, como furtos, roubos ou burlas», é referido.
Na operação “Censos Sénior” 2017 (realizada durante todo o mês de Março de 2017), a GNR sinalizou 45.516 idosos a viver sozinhos ou isolados em todo o país. Dos 45.516 idosos identificados, 28.279 viviam sozinhos, 5.124 residiam em locais isolados e 3.521 viviam sozinhos e isolados. Desde 2011 que a GNR tem sinalizado cada vez mais idosos a viver nestas condições.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close