Guarda em risco de ficar sem salas de cinema

A cidade da Guarda poderá novamente ficar sem salas de cinema. Ao que o TB sabe, a Vivacine-Multimedia, Lda, que restava do Grupo FDO (responsável pela construção do então “Vivaci”), pretende avançar com um despedimento colectivo dos 29 trabalhadores. Na Guarda, trabalham oito pessoas, metade das quais em partime. Os restantes 21 estão afectos aos centros comerciais “La Vie de Caldas da Rainha” e “Mira-Maia”. As cartas de «intenção de promover o despedimento colectivo» começaram hoje a chegar às caixas de correio, nas quais é referido que é dado um prazo máximo de 20 dias para ser dada uma resposta definitiva.
O TB tentou obter uma reacção da parte da “Vivacine-Multimedia, Lda” e da Widerproperty, empresa que gere desde Novembro do ano passado o “La Vie” (que sucedeu ao Vivaci, que era da responsabilidade do Grupo FDO), mas até agora não foi possível qualquer resposta.
De recordar que sete anos depois de abrir as portas, o primeiro grande centro comercial da Guarda, o “Vivaci”, foi adquirido pela ECS Capital, uma sociedade gestora de fundos de capital de risco que também comprou o “Dolce Vita Funchal”.
O então “Vivaci Guarda” foi inaugurado em Novembro de 2008, tendo o projecto, da responsabilidade da FDO Imobiliária, envolvido um investimento de 33,2 milhões de euros. Em Fevereiro de 2012, o Grupo FDO viria a confirmar que iria apresentar insolvência. Sete anos depois de ter aberto as portas, aquele centro comercial da Guarda viria então a ser adquirido pela ECS Capital, uma sociedade gestora de fundos de capital de risco. A gestão do espaço passou a ser feita pela empresa Widerproperty – Gestão e Mediação Imobiliária. As salas de cinema mantiveram-se sob a responsabilidade do Vivacine-Multimedia, que pretende agora avançar com o despedimento colectivo.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close