Município da Guarda lança concursos para quatro obras no valor de 6 milhões de euros

O município da Guarda decidiu, Segunda-feira, proceder ao lançamento de concursos para a realização de quatro obras, relacionadas com duas escolas, acessibilidades e um mercado municipal, que totalizam mais de seis milhões de euros de investimento.

O executivo municipal presidido por Carlos Chaves Monteiro (PSD) aprovou Segunda-feira, na reunião quinzenal, as formalidades do procedimento para abertura do concurso público para execução de acessos rodoviários à estação dos caminhos de ferro e do terminal rodoferroviário da Guarda.

Segundo o autarca, trata-se de um investimento no valor de 2,6 milhões de euros, para a realização de obras de requalificação da avenida de São Miguel, desde a rotunda do Anjo até à rotunda da Rasa, com «as duas vias de ligação à zona do terminal rodoferroviário». A intervenção insere-se no plano de reabilitação e de regeneração urbana da cidade mais alta do país.

O município também aprovou a abertura do concurso público para obras de requalificação do Centro Escolar de São Miguel, no valor de cerca de 1,5 milhões de euros, com o objetivo de proporcionar melhores condições de trabalho aos professores e aos alunos. Foi ainda decidido lançar o concurso público para a segunda fase das obras da Escola Básica e Secundária da Sé, no valor de 1,8 milhões de euros.

Carlos Chaves Monteiro lembrou aos jornalistas, por videoconferência, no final da reunião, que a autarquia já tinha investido cerca de um milhão de euros no âmbito do conforto energético do edifício e, agora, a intervenção será ao nível do «ambiente interno» da escola. No âmbito da empreitada será também construído um novo pavilhão desportivo na Escola Básica e Secundária da Sé.​ As intervenções nas duas estruturas de educação da cidade visam dotá-las «das melhores condições de conforto, mas também de funcionalidade e de prestação de melhores serviços de educação», justificou o responsável.

O executivo municipal da Guarda aprovou também a abertura do concurso público para as obras de requalificação do espaço do Mercado Municipal de São Miguel, situado na Guarda-Gare, no valor de 358 mil euros. Os quatro projectos «valorizam o viver na Guarda, o prosperar na Guarda» e pretendem «trazer melhor futuro» para a cidade mais alta do país, disse Carlos Chaves Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close