Se não houver entendimento, a CIM Beiras e Serra da Estrela poderá vir a ser liderada pelo autarca mais velho

Se não houver consenso na escolha do presidente do conselho executivo da Comunidade das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), poderá vir a assumir aquele cargo o presidente da Câmara mais velho entre os 15 autarcas que fazem parte daquela estrutura. Se isso vier a acontecer, será o autarca de Belmonte, Dias Rocha. Na primeira reunião, em meados de Novembro, após as recentes autárquicas, os autarcas da CIM-BSE decidiram manter os dirigentes do conselho intermunicipal até que seja constituída a Assembleia Intermunicipal. Para a próxima Terça-feira está agendada nova reunião, onde o assunto deverá ser discuitido.
A possibilidade de a CIM-BSE poder ter de optar por aquilo que está previsto no Código do Processo Administrativo (CPA) foi referida ontem pela presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, ao ser questionada pelo atraso na eleição dos novos presidentes das CIM das Beiras e Serra da Estrela e da Beira Baixa.a s Comunidades Intermunicipais da Beira Baixa e da Beiras e Serra da Estrela continuam sem eleger novos presidentes. Aquela responsável foi taxativa ao dizer que «a partir do momento em que não há consenso no conselho executivo aplica-se a regra do código do processo administrativo».
A presidente da CCDRC, que falava à margem da cerimónia de encerramento da conferência “Inov2agro – Inovação e Tendências Alimentares 2018”, que decorreu no Centro de Empresas Inovadoras (CEI) de Castelo Branco, adiantou que o regime é omisso quando não se consegue consenso nessa primeira reunião.
«As comunidades intermunicipais têm um mês para eleger o presidente do conselho executivo. O regime jurídico das autarquias locais diz que a primeira reunião é precisamente para eleger o seu presidente. Se nessa reunião se consegue, a partir daí desenvolvem-se o strabalhos normais», disse Ana Abrunhosa.
Explicou ainda que «quem deve convocar a primeira reunião é o autarca com maior número de eleitores, e só isso». «Depois não há nenhum regime interino. Depois disso, aplica-se o Código do Processo Administrativo que diz que o autarca mais velho em termos de idade, deverá ser o presidente [da CIM] e os dois vice-presidentes são os autarcas mais novos», concluiu.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close