Pessoas acima dos 60 anos vacinadas até à primeira semana de Junho

A população com mais de 60 anos de idade vai estar vacinada contra a covid-19 até ao início de Junho, anunciou hoje o coordenador da ‘task force’ do plano de vacinação, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo. «Quando vacinarmos toda a população acima dos 60 anos, na realidade, estaremos – segundo os dados dos óbitos – a proteger 96,4% das pessoas que faleceram em resultado desta pandemia. Vamos atingir este valor entre a última semana de maio e a primeira de Junho», disse o responsável na reunião do Infarmed, em Lisboa, que junta especialistas, membros do Governo e o Presidente da República para avaliação da situação epidemiológica. A ideia é que 96,4% das pessoas que morreram em resultado do novo coronavírus tinham mais de 60 anos.

Henrique Gouveia e Melo reafirmou também a meta de protecção de 70% da população para meados do Verão. «Atingiremos 70% da população, que equivale a termos todas as pessoas acima dos 30 anos vacinadas, entre Julho e Agosto, com a primeira dose», explicou.

Com 1,9 milhões de vacinas disponíveis para administrar em Abril, o coordenador da “task force” assumiu também que o programa está «numa semana de transição” e que vai entrar em curso «uma nova estratégia», com a alteração da tipologia da fase 2, «colapsando a fase 2 com a fase 3, uma vez que há disponibilidade de vacinas» e que o aspecto fundamental será a «fluidez» do ritmo de vacinação.

«A partir de agora, vamos fazer uma sequenciação etária pura, usando 90% das vacinas para isso e deixando 10% para outras doenças não relacionadas com a idade e que podem atingir populações muito mais jovens», referiu Henrique Gouveia e Melo.

O coordenador da”‘task force” especificou ainda os níveis de cobertura actuais dos diferentes grupos. «Nos mais de 80 anos já estamos acima de 90%, entre os 50 e os 80 anos com comorbilidades tipo 1 estamos acima de 80%, nos profissionais de saúde nos 96%, nos serviços essenciais em 99% e nas escolas nos 23%».

«Neste trimestre teremos uma média de administração de vacinas na ordem das 97 mil por dia. Nesta contabilidade, já chegaram a território nacional cerca de 2,6 milhões de vacinas e foram administradas até Domingo passado cerca de 2,1 milhões de doses: 1,5 milhões de primeira dose, ou seja, mais de 15% da população, e 600 mil de segunda dose», reforçou.

Por fim, o coordenador da “task force” salientou que «ninguém fica para trás» no processo de vacinação contra a covid-19, destacando que, além do agendamento centralizado e do auto-agendamento, uma pessoa poderá recorrer também à “junta de freguesia, esquadra da polícia ou aos bombeiros” como “passo intermédio» para o agendamento através da Internet.

Em Portugal, morreram 16.918 pessoas dos 827.765 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close