Loja dos CTT de Aguiar da Beira também vai fechar

Aos poucos as autarquias do distrito da Guarda vão sendo informadas do fecho dos balcões CTT. Confirma-se a notícia avançada em meados de Setembro pelo Jornal Terras da Beira. Para além dos balcões dos CTT de Fornos de Algodres e Manteigas, a “lista negra” vai mesmo abranger mais concelhos do distrito da Guarda, podendo apenas ficar de fora a Guarda, Seia e Sabugal, este último porque tem um banco daquela empresa.
Na altura em que o TB avançou com a notícia, a Câmara de Aguiar da Beira ainda não tinha conhecimento de nada, mas esta manhã veio confirmar que tinha sido «informado pela Coordenação Retalho do Norte da empresa CTT, que a Loja CTT de Aguiar da Beira, sedeada na sede do concelho, e a única existente, vai ser transformada em Posto CTT, dentro de um mês».
«O Município de Aguiar da Beira não aceita e repudia a decisão de encerramento da Loja CTT no respectivo concelho, com execução “sumária” à vista, sem auscultação prévia do Município e possibilidade de ponderada concertação, com vista a serem asseguradas, localmente, a continuidade, a qualidade e a acessibilidade dos serviços CTT», refere a autarquia, em comunicado enviado ao TB.
O Município adianta que «vê nesta decisão, o desejo expresso de desinvestimento da empresa no concelho e de deslocalização de um serviço público essencial para a sua população, maioritariamente envelhecida e vulnerável, antecipando o desaparecimento, a curto prazo, de todo e qualquer serviço dos CTT neste território e na grande maioria dos territórios do Interior».
No comunicado informa ainda que endereçou à Associação Nacional de Municípios Portugueses uma exposição «do seu desacordo e absoluto repúdio à decisão de extinção da Loja CTT em Aguiar da Beira e à intenção da empresa transferir a prestação dos seus serviços para terceiros, já confirmadas noutros municípios, quebrando assim a responsabilidade contratual e legal assumida no Contrato de Concessão do Serviço Postal Nacional assinado com o anterior Governo».
«O Município de Aguiar da Beira procurará travar, por todos os meios e junto de diversas entidades, a decisão de encerramento da única Loja CTT sedeada em Aguiar da Beira. Como é sua obrigação, em defesa do interesse público e da manutenção de serviços essenciais à sua população», assegura a autarquia.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close