Protecção Civil mantém nível de alerta amarelo em Portugal até às 08:00 de segunda-feira

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) anunciou hoje que vai manter o nível de alerta amarelo em Portugal até às 08:00 de segunda-feira, esperando-se um desagravamento a partir dessa hora.
Esta informação foi prestada pelo comandante operacional nacional, José Manuel Moura, em conferência de imprensa para apresentação de um ponto de situação sobre o mau tempo e perspectivas para as próximas horas.
“Em termos de previsão meteorológica, só a partir de segunda-feira é que temos algum desagravamento das várias variáveis, nomeadamente, do vento e da agitação marítima, o que quer dizer que o dia de hoje ainda será um dia muito intenso, com muita actividade operacional e, sobretudo, a merecer por parte da população uma atenção redobrada”, afirmou José Manuel Moura.
De acordo com o comandante operacional nacional, desde que foi determinado o estado de alerta amarelo, na passada sexta-feira, até às 13:00 de hoje, foram registadas 1.669 ocorrências envolvendo mais de 5.500 operacionais.
Por tipologia de ocorrências, do total registado, assinalaram-se 393 quedas de árvores, 249 movimentos de massa, 599 inundações e 166 quedas de estruturas, referiu o comandante operacional nacional, destacando as zonas Norte e Centro do país como as mais afectadas pelo mau tempo.
O nível de alerta amarelo é o terceiro mais grave de quatro níveis da protecção civil e significa a previsão de ocorrência de fenómenos que, não sendo invulgares, podem representar um dano potencial para pessoas e bens.
A propósito da situação meteorológica em Portugal, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou hoje em Milão que o Governo está “a acompanhar a situação das cheias em Portugal e dos problemas que isso causa também aos comerciantes”.
“Estamos neste momento a estudar e a analisar o problema. O secretário de Estado do Comércio está a acompanhar e a ver, junto do terreno, quais as necessidades e problemas criados”, disse o ministro.
Entretanto, a circulação de comboios no sentido sul-norte entre Aveiro e Estarreja foi hoje reposta cerca do meio-dia, depois de ter estado interrompida devido ao mau tempo, informou a Infraestruturas de Portugal (IP).
Está ainda interrompida, sem previsão de reposição, a circulação no troço entre Alfarelos e Taveiro, na Linha do Norte, por inundação da via.
Também na Linha do Vouga continua interrompida a circulação de comboios entre Aveiro e Eirol, por inundação da via e uma vez que foi afectada a infraestrutura de suporte.
Relativamente às estradas nacionais, há vários troços condicionados, sobretudo no Norte e Centro do país

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close