PSP da Guarda desmantela rede de tráfico de estupefacientes na cidade

O comandante distrital da PSP da Guarda, Carlos Resende da Silva, disse hoje que com a detenção de 12 pessoas por tráfico de estupefacientes, aquela força de segurança desmantelou a rede que «apresentava maior expressão» na cidade.

A PSP da Guarda anunciou hoje a detenção de 12 pessoas, sete homens e cinco mulheres, com idades compreendidas entre 17 e 51 anos, por alegado tráfico de estupefacientes.

Os suspeitos foram detidos na Terça-feira, no âmbito de uma operação policial «de grande escala de combate ao tráfico de estupefacientes na cidade da Guarda», segundo a fonte.

«Esta operação teve como objectivo fazer cessar a actividade de tráfico de droga que apresentava maior expressão na cidade da Guarda, neste momento», sublinhou o superintendente Carlos Resende da Silva.

O responsável, que falava em conferência de imprensa, adiantou que o tráfico de droga tem «uma expressão pequena» naquela cidade e, pelo número de detidos, a operação terá permitido «desmantelar toda a rede» que actuava localmente.

Durante a acção policial, a PSP da Guarda apreendeu seis doses de “ecstasy’” quatro doses de heroína, duas doses de haxixe, 18,55 gramas de liamba e 0,62 gramas de morfina.

Foram também apreendidos 640 euros em numerário, duas balanças digitais, diversos objectos e material relacionados com o tráfico de estupefacientes, uma espingarda de calibre 12 milímetros (mm), uma carabina de pressão de ar, uma soqueira, uma arma de alarme, uma munição de calibre 6.35 mm e um cartucho de calibre 12 mm.

«Não foi [apreendida] uma quantidade grande [de produtos estupefacientes], o que espelha a pequena dimensão do tráfico de droga existente na cidade da Guarda», observou o Comandante Distrital da PSP.

Segundo o superintendente, tudo indica que os detidos estavam associados entre si, realizavam «este tipo de actividade, embora com muitas flutuações», e «faziam as suas aquisições em pequenas quantidades». Os detidos dedicavam-se à venda «de pouca monta», directamente ao consumidor, admitiu.

Carlos Resende da Silva disse ainda que todos os envolvidos na atividade criminosa foram detidos durante a ação que deu cumprimento a 12 mandados de detenção fora de flagrante delito e à realização de 18 buscas domiciliárias, 16 na cidade mais alta do país (com especial incidência no bairro das Lameirinhas) e duas nas freguesias de Famalicão da Serra e Alvendre.

Os 12 detidos estão hoje a ser presentes nos Serviços do Ministério Público do Tribunal Judicial da Comarca da Guarda para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação. Segundo a PSP, seis dos detidos têm antecedentes criminais pela prática do crime de tráfico de estupefacientes.

A operação envolveu elementos dos Comandos Distritais da PSP da Guarda, de Viseu e de Castelo Branco, da Unidade Especial de Polícia e de militares do Comando Territorial da GNR da Guarda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close