Acção de formação sobre cancro na Escola Secundária de Seia

“Cancro: Sensibilização e Prevenção” é o nome do curso que vai decorrer na próxima Quarta-feira em Seia, e pela primeira vez no distrito, promovido pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Dirigido a docentes da educação pré-escolar e professores do 1.º ciclo do ensino básico, pretende abranger os seis distritos da região Centro.

A Escola Secundária de Seia recebe na próxima Quarta-feira a primeira acção de formação a ter lugar no distrito da Guarda inserida nas campanhas de Educação para a Saúde sobre Cancro nas Escolas que o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro promove regularmente desde 2011.
Com o tema “Cancro; Sensibilização e Prevenção”, a iniciativa, que conta com a colaboração do Centro de Formação de Associação de Escolas da Guarda 1 e Guarda Raia, tem a duração de quatro horas, entre as 16h00 e as 20h00, e é destinada aos docentes da educação pré-escolar e professores do 1.º ciclo do ensino básico.
O objectivo é «sensibilizar os professores para a problemática do cancro, procurando fomentar conhecimentos na área da oncologia e prevenção da doença oncológica, de modo a habilitá-los a abordar esta temática em contexto escolar e a actuar ao nível da promoção da saúde, adopção de estilos de vida saudáveis e aprendizagem entre pares, junto dos seus alunos», explica o Núcleo Regional do Centro em nota de imprensa.
«Divulgar informação sobre o cancro e promover a Educação para a Saúde, com ênfase para a sua prevenção, é um dos objectivos da Liga Portuguesa Contra o Cancro, que se assume como a entidade de referência nacional no apoio ao doente oncológico e família, na promoção da saúde, na prevenção do cancro e no estímulo à formação e investigação em oncologia», acrescenta no documento.
Sobre o porquê da campanha Educação para a Saúde sobre Cancro nas Escolas, o Núcleo Regional do Centro justifica que «embora o campo de acção da Educação para a Saúde seja toda a comunidade, considera-se primordial que seja junto dos alunos que esta acção mais se faça sentir». «Neste contexto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a construção de escolas promotoras da saúde como o modelo actual mais válido para promover a saúde e a educação para a saúde dos alunos», destaca.
Nesse sentido, «os esforços de prevenção do cancro deverão começar numa idade precoce e manter-se ao longo de toda a idade escolar, integrando o ensino básico, secundário e universitário». «O Plano Nacional de Prevenção e Controlo das Doenças Oncológicas 2007- 2010 refere mesmo que o ensino deve ser encarado genericamente como uma oportunidade de educação para a saúde, tanto nos seus diferentes ciclos como no que o caracteriza enquanto processo conducente a títulos ou habilitações», sublinha a nota de imprensa.
O cancro «é a segunda principal causa de morte nos países desenvolvidos e encontra-se entre as três principais causas de morte nos países em vias de desenvolvimento. A sua incidência continua a aumentar de ano para ano, particularmente nos países em vias de desenvolvimento, sendo que, pelo menos, cerca de sete milhões de pessoas morrem de cancro anualmente». «De acordo com a OMS, cerca de 40 por cento de todos os cancros podem ser prevenidos e outros podem ser detectados numa fase precoce do seu desenvolvimento, tratados e curados», revela a nota.
«As áreas de promoção da saúde e da prevenção da doença oncológica são, portanto, consideradas prioritárias, pelo que é dada especial atenção aos esforços de educação para a saúde e, neste contexto, às iniciativas colectivas capazes de facilitar as opções individuais por estilos de vida mais saudáveis», conclui.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close