Agrupamento de Escolas da Sé tem o maior Clube do Desporto Escolar do país

Mais de 500 alunos, divididos por 12 modalidades que formam 30 grupos-equipa, fazem do Agrupamento de Escolas da Sé o maior Clube do Desporto Escolar do país. Para o coordenador do Clube do Desporto Escolar no Agrupamento, Nuno Lemos, os números não deixam de ser positivos, até porque a qualidade está aliada à quantidade, devido aos inúmeros títulos já conquistados. As modali-dades de Futsal e de Voleibol são as mais procuradas pelos alunos, que têm, no total, 90 horas de prática desportiva orientada.
Clube do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas da Sé, com 30 grupos-equipa, constitui-se como o maior Clube do Desporto Escolar do país.
Ao longo da semana, nas três escolas do Agrupamento (Carolina Beatriz Ângelo, Sé e S. Miguel), são proporcionadas aos cerca de 500 alunos mais de 90 horas de prática desportiva orientada, nas 12 modalidades que fazem parte do projeto: Andebol, Boccia, Badminton, Ginástica Artística, Ginástica Acrobática, Escalada, Futsal, Natação, Ténis de Mesa, Trampolins, Voleibol e Xadrez, para além das actividades internas desenvolvidas ao longo do ano, casos do corta mato, torneios inter-turmas, jogos professores – alunos, caminhadas, passeios de BTT, Ski, Surf, formação de juízes árbitros e, no âmbito de projectos complementares do Desporto Escolar em que o Agrupamento participa, como o Basquetebol 3×3 e Gira-Volei.
O coordenador do Clube do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas da Sé, Nuno Lemos, justifica que «a grande adesão dos alunos a estas actividades surge porque o Desporto Escolar oferece a prática desportiva em modalidades que, em muitos casos, não há oferta no desporto federado, como são os casos do ténis de mesa, escalada, boccia, ginástica e até há pouco tempo no Voleibol». «Depois há também essa preocupação em dar sequência a estas modalidades nos três agrupamentos em função dos escalões, porque há uns escalões na Escola Beatriz Ângelo, outros em S. Miguel e depois os juvenis na Escola da Sé», explica.
Com tantos alunos no Desporto Escolar, Nuno Lemos admite, no entanto, que «não é fácil transferir os alunos para o desporto federado, até porque em muitos casos não há oferta ao nível dos clubes». «Tem havido sequência no Futsal, no Voleibol agora já é possível e muitos dos alunos começaram a jogar Voleibol na Escola e, no caso do Futsal Feminino, a maioria das atletas também são oriundas do Desporto Escolar. Mas os clubes só têm a ganhar em aproveitar estes alunos, porque saem preparados para andar em qualquer equipa».
Quanto às modalidades mais procuradas pelos jovens estudantes, o Futsal e o Voleibol são as que reúnem mais adeptos, mas Nuno Lemos garante que todas as modalidades têm um número mínimo de 15 elementos.
O grande problema está depois relacionado com as horas de treino porque os espaços são poucos para 90 horas semanais, no conjunto de todas as modalidades e também devido aos horários de transporte. Como muitos dos alunos não são da Guarda e têm que apanhar o autocarro para as suas localidades, as horas de treino têm que ser feitas durante o período escolar, o que dificulta o trabalho das equipas.
Quanto aos resultados também têm sido positivos ao longo doa últimos dois anos. O Agrupamento obteve 87 primeiros lugares (55 distritais, 26 regionais e 6 nacionais), 54 segundos lugares (24 distritais, 26 regionais e 4 nacionais), e 25 terceiros lugares (12 distritais, 11 regionais e 2 nacionais). Mas os bons resultados desportivos vão para além do âmbito nacional. Em Junho de 2013, a equipa juvenil masculina de Futsal da Escola Secundária da Sé, para além de ter vencido todas as competições nacionais, sagrou-se, na Hungria, campeã do Mundo do Desporto Escolar.
Nuno Lemos destaca também a aquisição de valores e de boas práticas desportivas por parte dos alunos.

 

Faustino Caldeira
fcaldeira@gmpress.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close