AJTG sugere jogos tradicionais para quem está em casa

A Associação de Jogos Tradicionais da Guarda (AJTG) está a usar a rede social Facebook para propor a prática de actividades lúdicas antigas a quem está em casa em isolamento social devido ao Covid-19. Segundo o presidente da AJTG, Norberto Gonçalves, a iniciativa começou na Segunda-feira e consiste na sugestão diária de um jogo tradicional. «É uma contribuição para que as pessoas, já que estão em casa e têm tempo, possam interagir entre si, como os pais e os filhos, os avós e os netos, que é uma coisa que, numa situação normal, não se verifica», disse o responsável à agência Lusa.
Com a sugestão para a prática de jogos tradicionais, a AJTG pretende «ajudar as pessoas a passarem o seu tempo em casa» de uma forma «diferente e divertida». «No fundo, é o retorno às origens, aos serões, em que se brincava, contavam-se histórias, lengalengas e trava-línguas e se jogavam alguns jogos da época», acrescentou.
Norberto Gonçalves admite que a iniciativa também pode ser uma forma de reactivar os jogos tradicionais, uma vez que os mais novos são incentivados a praticar «os jogos dos [tempos dos] avós e dos pais».
A AJTG tenciona sugerir diariamente a prática de um jogo, através do Facebook, por considerar que os jogos tradicionais «são boas alternativas para rentabilizar o tempo disponível», pois «permitem educar, enriquecem as interacções familiares, promovem o desenvolvimento motor, psíquico e emocional».
A colectividade que tem por lema “Continuamos a Jogar a Tradição” está a sugerir, por exemplo, o trava-línguas, que outrora «também se destinavam à aprendizagem». «Quando os meninos começavam a falar, dizia-se que era a forma de os ajudar a “desentaramelar” a língua, pois eram “galholhos” e diziam as palavras umas em cima das outras. Os trava-línguas eram uma forma de os treinar a dizer bem», lembra Norberto Gonçalves. Hoje são sugeridas as “lengalengas”, uma delas publicada no livro escolar.
Segundo Norberto Gonçalves, a associação procura sugerir jogos tradicionais «que podem ser feitos em casa e, muitas vezes, sem exigirem material». A colectividade já propôs o jogo “O Três em Linha” e, nos próximos dias, os interessados podem ser incentivados a praticarem “A sardinha” (que só exige mãos), o “Anel” (com a utilização de um anel) ou o “Rapa” (com recurso a feijões ou rebuçados), entre outros.
A AJTG, fundada em 28 de Agosto de 1979, na cidade da Guarda, tem por objectivo a recolha, sistematização e incentivo à prática de jogos tradicionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close