Alguns lares de idosos no distrito da Guarda suspendem de novo as visitas

A Misericórdia da Guarda foi uma das instituições do distrito que decidiram por precaução suspender de novo as visitas nos lares de idosos

Há lares de idosos no distrito da Guarda que decidiram suspender de novo as visitas depois do aparecimento de novos casos de Covid-19 na região. Na semana passada foram diagnosticadas novas infecções nos concelhos da Guarda, Almeida e Sabugal.

O Lar da Associação dos Amigos de Peva, no concelho de Almeida, avisou no dia 22 de Junho que as visitas iriam ser suspensas «por tempo indeterminado para segurança de todos», tendo em conta que tinham surgido casos «nas proximidades».

No mesmo concelho, a Santa Casa da Misericórdia de Almeida tomou a mesma decisão. Suspendeu as visitas na Unidade de Cuidados Continuados e no Lar de idosos. Carlos Pereira, Provedor da instituição, confirmou ao TB que foi decidido «por precaução» suspender as visitas que decorriam de forma condicionada depois de terem surgido casos positivos em Vilar Formoso. «Não sabíamos qual era a cadeia de transmissão e sugiram dúvidas porque uma das pessoas infectadas trabalham em Almeida e por isso decidimos suspender como medida preventiva», explicou.

O Provedor acrescenta que a situação está a ser avaliada e que tudo indica que as visitas possam ser retomadas «com brevidade» tendo em conta que não há registo de novos casos. Na Guarda, a Santa Casa da Misericórdia também decidiu suspender as visitas ao lar de idosos que tinham sido retomadas no mês de Junho.

A coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde, Ana Viseu, entende que cada uma das instituições tem de avaliar se existem condições de segurança. «Se acha que é mais prudente recuar e avançar posteriormente para a sua reabertura» é decisão de cada estrutura.

Recorde-se que as visitas aos lares de idosos estiveram suspensas até 18 de Maio, depois desse dia as instituições receberam autorização para as retomar mas mediante algumas condições.

As visitas têm de ser feitas apenas por marcação prévia e cada utente só pode receber um familiar por semana. O objectivo do agendamento é garantir que, de acordo com o espaço de cada instituição, seja garantido o distanciamento necessário e ainda a respectiva higienização do espaço entre visitas.

A pandemia de Covid-19 já afectou 9 estruturas residenciais para idosos (ERPI). Foram infectados 87 idosos e 41 profissionais. A grande maioria das 16 vítimas registadas na área da Unidade Local de Saúde da Guarda eram utentes destas instituições. Foram ainda afectados três centros de dia, com casos de covid em três idosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close