ALUNOS SURDOS SEM PROFESSOR E INTÉRPRETE DE LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA

Desde «o início do ano lectivo» que os alunos surdos do Agrupamento de Escolas da Sé, na Guarda, «se encontram sem Intérprete de Língua Gestual Portuguesa e sem Professor de Língua Gestual Portuguesa». O Agrupamento de Escolas da Sé, que tem uma Unidade de Referência de Educação Bilingue de Alunos Surdos, rejeita qualquer responsabilidade no assunto esclarecendo que «quem dá autorização para contratar esses técnicos é o Ministério da Educação».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close