Amaro na Guarda ou em Coimbra?

Diversos órgãos de comunicação social nacional continuam a apontar o actual presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, como sendo o melhor candidato para destronar o socialista Manuel Machado em Coimbra, mas não há, por agora, qualquer confirmação pública sobre o assunto.
O jornal online “Observador” refere mesmo que Amaro, que é também presidente dos Autarcas Sociais Democratas, «até já terá sido testado em sondagens», adiantando que fonte social-democrata explica, no entanto, que «o partido tem medo de perder uma câmara que está segura, a Guarda, e não conseguir conquistar Coimbra, daí a dúvida sobre se o Álvaro deve dar o salto».
Por seu lado, o semanário “Sol” escreve que «em Coimbra começa a ganhar força a ideia de levar a votos Nuno Freitas, depois de Álvaro Amaro ter decidido voltar a candidatar-se à Câmara da Guarda». «Com 45 anos, Freitas foi dirigente da JSD e deputado à Assembleia da República, mas está agora mais afastado das lides políticas. É médico e uma figura razoavelmente conhecida em Coimbra, mas não é propriamente uma estrela do partido», adianta o jornal.
Na passada Terça-feira (após o fecho desta edição) o PSD e o CDS-PP terão assinado o acordo quadro para as coligações autárquicas. Pedro Passos Coelho tem recusado pressas neste processo, tendo no início do mês dito que não há motivos para o partido andar «numa lufa-lufa» para apresentar candidatos nas próximas eleições autárquicas de 2017 e que o calendário definido está a ser cumprido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close