Amaro pede ao governo que tome uma decisão sobre o Hotel Turismo

O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, diz que é tempo de dizer «basta» e pede ao governo que tome uma decisão sobre o futuro do Hotel Turismo. O autarca exorta o «dono» daquele imóvel a proceder à terceira hasta pública ou a concretizar o projecto para o qual foi comprado à Câmara da Guarda. «O final de 2016 era a minha meta. Chegou o dia de dizer basta!», disse Álvaro Amaro aos jornalistas no final da primeira reunião do executivo deste ano. «O pior que há é não haver uma decisão. Porque não se decide? O que é que está a travar e porquê?», questiona o autarca admitindo que «haja socialistas que estejam a esfregar as mãos se o governo bloquear». «Tenho de levantar a minha voz. Não podemos esperar eternamente. É inexplicável!» O autarca argumenta que «não pode fazer mais nada», uma vez que o Estado «é que é dono do imóvel. Clamo por uma autorização para uma terceira hasta pública ou que o governa invista».
Álvaro Amaro explicou aos jornalistas que voltou a falar do assunto com o primeiro-ministro em Dezembro na sessão comemorativa dos 40 anos do poder local e que aguarda por uma decisão. O autarca diz que quase pode garantir que se houver terceira hasta pública haverá interessados, tendo em conta as manifestações de interesse que tem recebido. Mas se assim não for lembra que a Câmara está em condições de comprar. «Mas só posso comprar o hotel se o dono quiser», sublinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close