Animação ao ar livre na Guarda

O município da Guarda vai promover um programa de animação de Verão, de sexta-feira até ao dia 4 de Outubro, que inclui actividades itinerantes e ao ar livre, em diversos locais da cidade.

A iniciativa “Isto (não) é um festival!” integra um programa de animação urbana multidisciplinar e terá o espaço público como palco principal, assim como varandas e jardins, seguindo as recomendações de segurança exigidas pela Direcção-Geral da Saúde devido à pandemia causada pela Covid-19.

Segundo a Câmara Municipal da Guarda, o programa é «bastante eclético» e inclui teatro, música, cinema, arte pública e animação de rua. A autarquia informa que «as propostas de Verão deste ano englobam o “Música sobre rodas – Trio Elétrico”, que vai circular com bandas locais a oferecer concertos itinerantes um pouco por todo o centro urbano e bairros da cidade», de 23 a 30 de Julho.

O projecto “Música sobre rodas” envolve as bandas Cem Ensaios, Sexta-feira Santa, Contraband, Prós e Contras, Vozes de Burro não Chegam ao Céu, Red Mustang, Volta e Meia e Remexido.

Também será realizada a iniciativa “Terra d’artes”, a realizar no Parque Urbano do Rio Diz, de 22 a 29 de Julho, com sete artistas que vão criar sete obras interpretativas do ciclo de festivais de cultura popular do concelho, a que se juntam artesãos a trabalhar ao vivo.

Participam na iniciativa Pedro Figueiredo (escultura), Rui Miragaia (escultura em ferro), Sofia Gralha (cerâmica), Sara Teixeira (ilustração), Pedro Amaral (pintura), Sidney Cerqueira (pintura) e Sérgio Lemos (escultura/madeira).

Entre Sexta-feira e o dia 30 de Agosto, as varandas do centro urbano da Guarda «ganham vida com músicos a actuar, inesperadamente, em balcões e varandins», com a iniciativa “Varandas Com Vida”, de acordo com a organização.

Outra das novidades da programação estival prende-se com uma actividade para as famílias que decorrerá em três fins de semana de Agosto (dias 1, 02, 8, 9, 15 e 16) nos jardins da cidade mais alta do país, onde haverá iniciativas culturais, comida saudável, aulas de ioga e meditação, um espaço com actividades dedicadas às crianças, entre outras actividades.

O programa de “Isto (não) é um festival!” também integra a Feira de Antiguidades e Coleccionismo (que se realiza na Alameda de Santo André, no primeiro domingo de cada mês), e o evento “Cinema no Museu”, promovido pelo Cineclube da Guarda (dias 11, 18 e 25 de Agosto e 1 e 8 de Setembro).

O Município salienta que o programa de animação de Verão da cidade é diversificado e «tem o intuito de envolver os criadores locais no restabelecer da cultura na Guarda, após paragem de vários meses das iniciativas culturais em geral devido à pandemia por Covid-19″.

«Este programa, criado para apoiar os artistas e criadores locais, e apoiar a economia local, tem por base as regras extraordinárias determinadas pelas autoridades de saúde no contexto da pandemia, podendo sofrer alterações para melhor segurança de todos», sublinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close