ANPC registou 657 ocorrências devido à chuva e ventos fortes

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) identificou até às 17:30 de hoje 657 ocorrências devido à chuva e ventos fortes, sendo os distritos do Porto e Viseu os mais afetados, seguidos de Coimbra.

“Registamos 657 ocorrências principalmente devido a inundações e quedas de árvores, mais nos distritos de Porto, Viseu e Coimbra”, referiu à agência Lusa o adjunto de operações da ANPC Marco Martins.

Do total de situações, a maior parte refere-se a inundações, ou seja, 315 casos, e a quedas de árvores, com 123 ocorrências, resultando, por exemplo, em obstrução de vias, que são “rapidamente libertadas” pelos operacionais no terreno, acrescentou.

O deslizamento de terras deu origem a 47 ocorrências e 73 casos relacionam-se com limpezas de vias devido ao vento e 41 com quedas de estruturas.

A resolução das situações registadas devido ao mau tempo envolvem 1.893 operacionais, com o apoio de 747 veículos.

Segundo o responsável da ANPC, entre o total de ocorrências, 171 ocorreram no Porto, 103 em Viseu e 73 em Coimbra.

A maior parte das situações listadas pela proteção civil situam-se no norte do país e em Lisboa só foram registadas três ocorrências relacionadas com o mau tempo, número que foi de sete em Setúbal e 11 em Leiria.

O adjunto de operações da ANPC lembrou a preocupação com a possibilidade da subida do caudal do rio Douro “devido às descargas em Espanha e à maré alta, por volta das 03:00”, aumentando o risco de inundações, o que está a ser acompanhado em permanência pelos serviços de proteção civil.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou de seis para 10 os distritos em aviso laranja, o segundo mais grave, por causa do mau tempo, prevendo agitação marítima também em Lisboa, Setúbal, Leiria e Coimbra.

Ao início da manhã, o aviso laranja tinha sido acionado para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro e Viseu, mas cerca das 12:20 passou a abranger mais quatro distritos, tendo em conta a agitação marítima. Beja, Guarda, Castelo Branco e Faro estão com aviso amarelo.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close