Arquitecto da Guarda vence projecto para a construção do monumento aos veteranos luso-americanos

O projecto da autoria do arquitecto António Saraiva, da Guarda, para a construção de um monumento alusivo aos veteranos luso-americanos das guerras americanas, no Independence Park (Newark), foi o escolhido pelo júri do concurso entre os quatro pré-seleccionados. A lista incluía ainda trabalhos da autoria de João Martins e Nicole C. Rego, T.M. Rybak & Associates e Carlos de Oliveira.
De acordo com a memória descritiva do projecto de António Saraiva, «a solução apresentada, em perfeita conjugação com a envolvente, com um design simples e linear, mas afirmado, assume-se também como lugar de estar, de contemplação e reflexão», refere o documento, acrescentando que «todo o conjunto é envolto de forte simbologia, desde logo, o pavimento de granito em quadrícula, remete-nos para o jogo de xadrez, jogo de estratégia, de campo de batalha, e os pontos de água transmitem o dinamismo, a força e a acção dos combatentes».
Na memória descritiva é referido ainda que «os soldados representados em silhueta ou recortados na espiral pretendem, para além de representar os combatentes, homenagear o sacrifício humano e a coragem pessoal de cada um deles».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close