ARS do Centro esclarece que telefonemas para rastreio são verdadeiros

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) esclareceu hoje que as convocatórias para rastreio do cancro da mama estão a ser feitos por telefone, não sendo, como a entidade tinha alertado na quinta-feira, «telefonemas falsos».

A ARSC alertou na quinta-feira para «falsos telefonemas que estão a ser realizados em nome deste instituto público», evocando «o rastreio do cancro da mama». Hoje, numa nota enviada à comunicação social, a ARSC vem esclarecer que, afinal, esses telefonemas não são falsos, estando associados às convocatórias por telefone, em vez da habitual carta, para o rastreio do cancro da mama, que foram retomadas em Junho.

No alerta de quinta-feira, a ARSC «referia que a convocatória para o rastreio não se processava telefonicamente, o que, efectivamente, não corresponde à realidade». «Devido à pandemia, o processo de convocatória para o rastreio do cancro da mama, da responsabilidade da ARSC e do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (NRC-LPCC), é agora realizado provisoriamente e em articulação entre as duas entidades, via telefone e enquanto as circunstâncias da pandemia o aconselharem», esclareceu hoje a ARSC.

Na mesma nota, a ARSC refere que, por forma a distinguir o telefonema da NRC-LPCC, «informa-se que o teor do telefonema apenas dá indicações sobre procedimentos ligados ao protocolo de segurança da Covid-19 e transmite à utente a data, hora e local da realização da mamografia».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close