Autarca de Pinhel pede suspensão das aulas presenciais no concelho

O presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, pediu hoje a suspensão das aulas presenciais em todos os ciclos de ensino no concelho. Numa nota à imprensa, a autarquia informa que «o pedido foi feito num ofício remetido pelo autarca pinhelense» à delegada de Saúde do concelho, Benilde Mendes, com conhecimento ao primeiro-ministro, à ministra da Saúde, ao ministro da Educação, bem como à delegada Regional de Educação do Centro e à delegada de Saúde Coordenadora da ULS da Guarda.

O pedido do autarca teve por base «os últimos dados publicados pela Unidade Local de Saúde da Guarda, ao final do dia de ontem, de acordo com os quais se torna evidente que “o vírus circula, descontroladamente, pelo concelho de Pinhel”». Rui Ventura considera, por isso, que «a forma mais eficaz de tentar travar uma situação já por si muito grave» é suspender as aulas presenciais.

«No concelho de Pinhel, autorizar a realização das aulas em regime não presencial, desde o Pré-Escolar ao Secundário, determina o confinamento obrigatório de 731 alunos, 129 professores e 65 assistentes operacionais do Agrupamento de Escolas de Pinhel, números a que acrescem mais 99 crianças e 21 funcionários do ensino Pré-Escolar da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel», explica o autarca. Rui Ventura acrescenta que «esta é uma tomada de posição, clara e inequívoca, por parte da autarquia e da Proteção Civil Municipal» e pede uma «resposta célere ao pedido apresentado».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close