Bombeiros de Trancoso inauguraram quartel em dia de aniversário

A Associação Huma-nitária dos Bombeiros Voluntários de Trancoso inaugurou este Domingo o novo quartel. Localizado numa das entradas da cidade, junto à Estrada Nacional 226, o novo equipamento vai de encontro às antigas aspirações daquela associação que se debatia com falta de condições nas antigs instalações. A obra foi executada pela empresa Biosfera – Construções Uni-pessoal, Lda e teve um custo superior a um milhão de euros. Teve comparticipação financeira comunitária em 85 por cento através do Programa Operacional Temático de Valorização do Território (POVT). O terreno onde foi construído o novo quartel foi adquirido pela Câmara Municipal de Trancoso, que assegurou os restantes 15 por cento necessários à concretização da obra, o correspondente a 162.021 euros.
A inauguração do novo quartel assinalou o 85º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros de Trancoso. Estava prevista a presença na cerimónia do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, mas devido aos últimos acontecimentos o governante não se deslocou a Trancoso.
O processo para a concretização desta obra foi longo. O financiamento para a obra foi aprovado em Setembro de 2011, mas o processo esteve num impasse durante alguns meses devido a um diferendo sobre a localização daquele equipamento entre a Associação Humanitária dos Bombeiros e a Câmara Municipal de Trancoso. Chegou a estar em risco o financiamento comunitário. O quartel estava projectado para um local conhecido como Vila Cruz, mas não foi possível concretizar a expropriação dos terrenos pretendidos pela Associação Humanitária. Os bombeiros apresentaram uma alter-nativa pedindo o apoio da Câmara para custear a aquisição de um terreno junto às Portas do Sol, mas o terreno não era de agrado da autarquia que sugeriu uma nova localização junto ao Estádio Municipal.
O município reiterava a disponibilidade em adquirir um terreno para a construção do novo quartel, mas chegou a ameaçar que não compar-ticipar a construção do quartel caso a direcção da Associação mantivesse «a atitude in-flexível».
A autarquia argu-mentava com «vários inconvenientes» que desa-conselhavam a solução pretendida pela Associação e também por ser «quatro vezes mais cara do que outras soluções propostas» pela Câmara.
Os bombeiros de Trancoso têm um corpo activo de 103 operacionais. A sua área de actuação tem 10.600 habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close