Câmara da Guarda ainda não aprovou a escultura para a rotunda da Dorna

A maioria do executivo municipal da Guar-da aprovou na passada Segunda-feira o projecto para o chamado “miolo” da rotunda da Dorna para a colocação de uma escultura e a abertura de concurso público para a obbra, no valor base de cerca de 98.500 euros, mas a proposta deverá ser anulada na próxima reunião. É que, contrariamente ao que consta na memória descritiva do projecto da rotunda, a escultura ainda não foi aprovada pela autarquia. Isto mesmo admitiu o presidente da Câmara, o social-democrata Álvaro Amaro, que, poucos minutos depois de ter terminado a reunião quinzenal, informou que a proposta que constava do ponto 16 e que mereceu o voto contra dos dois vereadores do PS, teria que ser anulada na próxima reunião, até porque a ainda não tinha sido dado aval à escultura porque não há garantia de ser financiada. O autarca adiantou que está assegurado o financiamento «apenas para a base onde deverá assentar a escultura».
A questão da rotunda foi levantada pelo vereador socialista, Joaquim Carreira, que disse que a oposição desconhecia o «objecto escultórico» que, como era referido na memória descritiva, já tinha sido projectado e realizado por um escultor, exigindo, por isso, que fosse dado a conhecer qual o valor pago pela autarquia. «Como são valores inferiores a 75 mil euros [não obrigando, por isso, a concurso público], não dá sequer nota desta encomenda aos vereadores do PS», lamenta Joaquim Carreira.
O eleito pelo PS disse ainda que considera «excessivo o valor gasto numa rotunda», que poderia vir a custar, na totalidade (incluindo a primeira fase, orçada em cerca de 357 mil euros e o valor da escultura) mais de 500 mil euros. «Nem toda a rotunda tem que ter elemento escultórico e achamos excessivo o valor tendo em conta as circunstâncias económicas», adiantou.
O vereador insurgiu-se ainda contra «a Câmara por usar sempre a justificação do financiamento a 85% mas que na verdade acaba sempre por gastar dinheiro». Critica ainda o facto de a oposição «não ter um único documento da candidatura à CCDR [Comis-são de Coordenação da Região Centro], nem nada que prove que a candidatura foi aprovada».
Poucos minutos depois de ter finalizado a reunião, o presidente da Câmara da Guarda regressou à sala com a memória descritiva da escultura que inclui o desenho para afirmar que teria que ser anulada, na próxima reunião, a deliberação sobre a proposta de abertura de concurso do “miolo” da rotunda, uma vez que ainda não está feita a escultura e nem está sequer aprovada.
«Eu fiquei, de facto, mais ou menos incrédulo quando é dito que a escultura já estava feita. Ainda não dei ordens para se fazer nada», referiu Álvaro Amaro, adiantando que apenas viu uma maquete, que até achou bonita. Contudo, salientou, «é preciso saber da possibilidade de financiamento». «Sendo assim, nós não podemos estar a condicionar infraestruturas a uma coisa que ainda não está feita», sustenta, admitindo que «houve aqui um caminhar depressa de mais por parte do Departamento de Obras no sentido de se levar a concurso».

Aprovada segunda fase das obras dos ex-Paços do Concelho
Na última reunião do executivo municipal viria a ser aprovada a abertura de concurso público para a segunda fase das obras de reabilitação do antigo edifício dos Paços do Concelho da Guarda, que visa a salvaguarda da telha e a manutenção de uma fachada manuelina. As obras visam adaptar o edifício para ser sede da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.
De relembrar que já avançaram duas providências cautelares sobre esta obra, uma a contestar a demolição de uma parede interior e a retirada do gradeamento e a outra a dar conta que o anexo que consta do projecto poderá não ser propridade do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close