Câmara da Guarda cancela festa de Fim de Ano e das Janeiras mas mantém Madeiro de Natal

O presidente da Câmara Municipal da Guarda anunciou que activou o Plano Municipal de Emergência, que cancelou a festa de Fim de Ano e que adiou concertos agendados para recintos fechados, mantendo-se somente as actividades ao ar livre.

«Tendo em conta a evolução epidemiológica do nosso concelho, debatida na reunião da comissão municipal de protecção civil, declarámos o estado de alerta municipal e assinei hoje a activação do plano municipal de emergência», anunciou Terça-feira à tarde Sérgio Costa.

Em conferência de imprensa, após a primeira reunião da Comissão Municipal de Protecção Civil com o novo executivo, o presidente da Câmara explicou que, «com base na activação do plano, são adiados os concertos de Natal que estavam previstos para as igrejas das aldeias, freguesias e cidade» da Guarda. «É também cancelado o espectáculo das Janeiras e a festa da passagem de ano, com reagendamento do concerto previsto para data a anunciar». «A única coisa que se mantém é o lançamento do fogo de artifício, a partir da Torre de Menagem, porque será visível por todas as pessoas a partir de sua casa e assim assinalamos o dia», destacou.

A Câmara da Guarda vai «também disponibilizar a partir de agora 25.000 testes» ao vírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, que serão distribuídos pelas forças de segurança, de protecção civil, associações culturais e desportivas e instituições particulares de solidariedade social.

O autarca disse que as medidas adoptadas pelo município «são sempre em consonância com o que as autoridades nacionais vão dizendo» e a comissão mantém a «vigilância na situação epidemiológica» para assim «ir agindo». Terça-feira], o Hospital Sousa Martins tinha 24 pessoas internadas, devido à covid-19, quatro delas nos cuidados intensivos. As «únicas actividades que se mantém» do programa municipal “Guarda, cidade Natal”, «são as que se realizam única e exclusivamente ao ar livre», reforçou o autarca, que deixou «para decidir depois» se a tradição do Madeiro de Natal na Cidade e o Magusto das Velhas no dia 26, que “apesar de serem ao ar livre, se mantêm.

“A programação do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai manter-se e o acesso aos espectáculos será feito em conformidade com as regras impostas pelo estado de calamidade do país«, disse. Estas «regras aplicam-se também no museu e na biblioteca» municipal.

O concerto de quarta-feira no TMG, de António Zambujo com a Orquestra Filarmonia das Beiras, «vai realizar-se com as referidas condições de acesso» e «os espectadores deverão ter na sua posse os bilhetes do concerto que estava inicialmente agendado para Agosto e são válidos para esta nova data». «Há dois campeonatos nacionais agendados para este fim de semana, o de Natação e o de Andebol, que serão realizados, após consulta com as organizações e federações, mas não terão público», alertou.

Sérgio Costa assumiu que a autarquia «também já cancelou o seu tradicional jantar de Natal com os funcionários» e, depois de «vários empresários já terem dito que também cancelaram» as suas festividades, o autarca lembrou que «a Câmara não pode proibir, mas pode apelar ao bom senso e ao cumprimento das regras» impostas no país.

PUB

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close