Carta Europeia de Turismo Sustentável atribuída à Serra da Malcata

A Federação Europeia de Parques Nacionais e Naturais (Europarc) atribuiu a Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS) à candidatura do território da Serra da Malcata dinami-zada pelos municípios de Almeida, Penamacor e Sabugal. A cerimónia de entrega do galardão decorreu na Quarta-feira da semana passada, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, durante a realização da “Charter Award Ceremony 2016”, promovida por aquela Federação Europeia.
«Na edição deste ano, a única Carta Europeia de Turismo Sustentável reconhecida por aquela entidade foi a “Terras do Lince”, representada pela Reserva Natural da Serra da Malcata, através do destino que integra os concelhos de Sabugal, Penamacor e Almeida», refere em comunicado a Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional, com sede em Almeida, entidade responsável pela gestão e coordenação do projecto.
Segundo a fonte, na entrega do galardão esteve presente uma comitiva composta pelos presidentes das Câmaras Municipais do Sabugal (António Robalo), Penamacor (António Luís Beites) e Almeida (António Baptista Ribeiro) e a coordenadora da Territórios do Côa (Dulcineia Catarina Moura).
Para os promotores da CETS denominada “Gata-Malcata Terras do Lince”, «esta é uma relevante certificação do território que compreende a Reserva Natural da Serra da Malcata, numa estratégia integrada do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e dos três municípios, em estreita articulação com uma vasta parceria que integra agentes públicos e privados do território de influência».
A “Terras do Lince” cumpriu «com as condições prévias para o reconhecimento da sua CETS, nomeadamente a análise da situação actual em todas as áreas relacionadas com o turismo, a elaboração de uma estratégia e a formulação de um plano de acção para um horizonte de cinco anos», refere a fonte. Findo o prazo de cinco anos, será reavaliado o reconhecimento formal por parte da Federação Europarc, esclarece.
Segundo a associação Territórios do Côa, a candidatura agora reconhecida tem como objetivo promover a região abrangida ao nível do turismo sustentável em áreas protegidas. Do plano de acção da CETS “Gata-Malcata Terras do Lince” fazem parte vários proje os, a cargo de várias entidades como os municípios de Almeida, Penamacor e Sabugal, a Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional, o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas/Reserva Natural da Serra da Malcata, a Associação de Municípios da Cova da Beira, a Associação Empresarial do Sabugal, Fórum Florestal – Estrutura Federativa da Floresta Portuguesa, o Instituto Politécnico da Guarda, o Turismo Centro de Portugal e a Universidade da Beira Interior.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close