Caso das contas electrónicas: Constantino Rei desmente presidência do IPG

Na sequência da notícia do Jornal Terras da Beira sobre a acusação que pende sobre os dois novos dirigentes do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), Joaquim Brigas e Carlos Rodrigues, o anterior presidente da instituição, Constantino Rei, veio esclarecer, através de um comunicado enviado ao TB, que é «totalmente falso» que o endereço electrónico “presidente.ipg_20141018ipg.pt”, criado antes de cessar funções, «tenha alguma vez recebido correspondência institucional» ou que ele «tenha mantido acesso à conta de email do Presidente do IPG, porquanto esta conta tem novas credenciais de acesso que naturalmente» ele «não poderia conhecer». «Toda a informação institucional relevante está disponível nos serviços do IPG, nos diversos formatos (SGD, papel, etc)», acrescenta.
«No decorrer de algumas reuniões realizadas nas semanas que antecederam a posse do então presidente eleito, tendo em vista a “transição de pastas”, acordei com o Prof. Joaquim Brigas que, atenta a nomenclatura não personalizada daquele endereço, e dado o mesmo estar registado em diversos serviços e instituições, de forma a assegurar continuidade no fluxo de informação, o referido endereço poderia também ser usado pelo Prof Joaquim Brigas após a sua posse, o que de facto ocorre desde o dia 3 de Dezembro de 2018», refere Constantino Rei no comunicado.
O “caso dos contas electrónicas” terá desenvolvimento noticioso na próxima edição do Jornal Terras da Beira.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close