CDU defende ligação da PLIE à ferrovia

SONY DSC

Aumentar o número de votos de de mandatos. É esta a pretensão da Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV) nas próximas autárquicas na Guarda, afirmou Carlos Canhoto, candidato à presidência da Câmara Municipal da capital do distrito, no passado Sábado durante a apresentação do programa eleitoral e dos elementos que compõem as listas aos diversos órgãos autárquicos.
Na sessão, que decorreu no Jardim José de Lemos, o candidato da CDU defendeu a ligação entre a Plataforma Logística e a Linha da Beira Alta, quer para o transporte de mercadorias, quer para o transporte de passageiros trabalhadores entre aquela plataforma e a cidade». Acrescentou que aquele complexo empresarial, localizado nas proximidades da cidade, deve ser dinamizado «como serviço público, atraindo empresas para sua instalação» através «de custos de implantação baixos e/ou outros incentivos».
O programa eleitoral da CDU contém, também, propostas em áreas como ambiente, cultura, património e turismo, produção e economia local, abastecimento de água e saneamento, urbanismo e transportes, educação e saúde. No ambiente, a candidatura liderada por Carlos Canhoto sugere a eliminação dos focos poluidores do rio Noémi e de outras linhas de água do concelho e a «intervenção activa na defesa do Parque Natural da Serra da Estrela, promovendo a sua protecção e o seu uso em benefício do ambiente e da qualidade de vida das populações, bem como o seu alargamento com a inclusão da barragem do Caldeirão».
No sector da cultura, defende a criação, no edifício do antigo Hotel de Turismo, de uma escola pública de ensino especializado de artes. Já no sector dos transportes, Carlos Canhoto assume a «defesa intransigente do fim das portagens» nas auto-estradas A23 (Guarda/Torres Novas) e A25 (Aveiro/Vilar Formoso), enquanto no urbanismo aponta «reduções ou isenções de IMI [Imposto Municipal sobre Imóveis], de maneira a incentivar a habitação no centro histórico da Guarda e nas aldeias». A melhoria dos espaços educativos sob a responsabilidade do município e a defesa do hospital local «equipado com os recursos materiais mais modernos e todos os serviços necessários ao seu pleno funcionamento», são outras das propostas.
A candidatura da CDU apresentou também no Sábado os candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal da Guarda. Na lista à Câmara, que é liderada por Carlos Canhoto, seguem Paula Sofia Miguel, António José Vieira, Lídia Isabel Almeida, Jorge Baltazar Dias, Luís Pedro Noutel e Diana Soraia dos Santos.
O professor e economista aposentado Aires Dinis é o candidato à liderança da Assembleia Municipal, acompanhado por José Catalino, Helena Neves, Honorato Robalo, Ladislau Horta, Maria Inês Tomé e Jorge Baltazar Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close