Centro 2020 disponibiliza 11 ME para produção e inovação

O Centro 2020, em cooperação com os restantes programas operacionais, lançou hoje dois concursos que disponibilizam 11 milhões de euros para apoiar empresas e instituições científicas e tecnológicas. «Estes concursos, que mobilizam 11 milhões de euros do programa Centro 2020, através Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), pretendem financiar projectos que respondam às necessidades imediatas e a médio prazo do Serviço Nacional de Saúde», afirma a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) em comunicado.
Estas medidas, segundo a nota, visam também «a concretização de projectos que permitam fazer face ao aumento exponencial da necessidade de determinados produtos e serviços», no âmbito do combate à pandemia da Covid-19.
«O concurso para o sistema de incentivos à inovação produtiva no contexto da Covid-19, com uma dotação de sete milhões de euros, tem por objectivo apoiar empresas que pretendam estabelecer, reforçar ou reverter as suas capacidades de produção de bens e serviços destinados a combater a pandemia», adianta a CCDRC.
Para efeitos de apresentação de candidaturas, são considerados produtos essenciais os «medicamentos e tratamentos relevantes, incluindo vacinas, seus produtos intermédios, princípios farmacêuticos activos e matérias-primas», além de «dispositivos médicos e equipamento médico e hospitalar».
Este grupo inclui «ventiladores, vestuário e equipamento de protecção, bem como instrumentos de diagnóstico e as matérias-primas necessárias, desinfectantes e seus produtos intermédios, e substâncias químicas básicas necessárias para a sua produção e ferramentas de recolha e processamento de dados».
«O concurso para actividades de investigação e desenvolvimento, com uma dotação de quatro milhões de euros, tem como objectivo mobilizar recursos científicos e técnicos para a criação de novos produtos, processos ou sistemas ou melhorias significativas nos que já existem», refere a CCDRC.
Estão ainda abrangidas «a construção ou modernização das infraestruturas de ensaio e optimização necessária ao desenvolvimento de produtos relevantes». «Podem candidatar-se todas as empresas nacionais e entidades do sistema nacional de investigação e inovação (I&I), inclusivamente em parcerias. Os apoios destinam-se a equipamentos, consumíveis, recursos humanos e outras despesas destinadas à realização dos projectos e à certificação e divulgação dos seus resultados», conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close