Centro de Contactos da Randstad na Guarda emprega 123 pessoas

O presidente da Câmara da Guarda mostrou-se hoje satisfeito com o funcionamento do centro de contactos (contact center) da Randstad, que presta serviços na área de telecomunicações à Altice, começou a laborar com 42 trabalhadores e tem actualmente 123.
Álvaro Amaro (PSD/CDS-PP) abordou hoje o assunto na reunião do executivo municipal, realizada na freguesia de Aldeia Viçosa, onde fez o ponto de situação do projecto que começou a funcionar em Julho de 2015 no pavilhão do Parque Municipal da Guarda.
“Eu tinha alguma expectativa de ir vendo a evolução, quando me dizem [que] neste momento já estão 123 pessoas [a trabalhar] e estão mais 35 possíveis a caminho, que estão em formação. Estamos a falar, daqui a pouco, de 150 pessoas que estão a trabalhar, que estavam no desemprego”, afirmou aos jornalistas.
O autarca manifestou “satisfação” pelo número de pessoas que já estão a trabalhar no ‘contact center’ “esperando e desejando que tudo se mantenha neste ritmo”.
Lembrou que no acordo celebrado entre a autarquia e a Randstad Portugal está previsto que a unidade possa gerar um total de 180 postos de trabalho quando estiver a funcionar em pleno.
“De modo que, se ao fim de meio ano, estamos a caminho de quase 150, ou de 123 que já estão e mais 35 a caminho, é um sinal com o qual eu não posso deixar de me regozijar, mas sempre com as naturais cautelas nestas circunstâncias”, afirmou.
Álvaro Amaro deixou ainda uma palavra “de incentivo e de reconhecimento ao bom trabalho que tem sido feito” por aquela empresa na Guarda.
A empresa Randstad celebrou um contrato de cinco anos com a autarquia da Guarda e pagará uma renda de 670 euros mensais pelas instalações onde funciona o ‘contact center’.
A unidade está instalada no edifício do Parque Municipal da Guarda onde, entre 2009 e finais de Outubro de 2013, laborou um centro de suporte a clientes e negócios da Adecco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close