Centros hospitalares do Centro apoiados em 20 milhões de euros por fundos europeus

Doze projectos relativos a intervenções em centros hospitalares vão ser apoiados por cerca de 20 milhões de euros de fundos da União Europeia, anunciou a Comissão de Coordenação e Desenvol-vimento Regional do Centro (CCDRC).
O Programa Operacional Regional do Centro – Centro 2020 aprovou este novo pacote da área da saúde, que integra projectos de remodelações físicas e aquisição de equipamentos, entre outras intervenções.
Segundo a CCDRC, «estes projectos envolvem um investimento de cerca de 32 milhões de euros e terão um apoio do Centro 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), de cerca de 20 milhões de euros».
Na opinião da presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, «estes projectos têm um impacto muito significativo na qualidade de vida das populações, por um lado, pela melhoria dos serviços de saúde de proximidade, através da requalificação e dos equi-pamentos dos centros de saúde».
A responsável frisou que, por outro lado, haverá também a «melhoria das condições de trabalho e de atendimento dos centros hospitalares, que têm um âmbito de intervenção territorial mais abrangente e onde as áreas de saúde são mais amplas e de maior com-plexidade, carecendo, por isso, de contínuos inves-timentos de modernização tecnológica».
O projecto “Solução Inte-grada de Tratamentos de Radioterapia”, do Instituto Português de Oncologia de Coimbra, é o que recebe o maior apoio FEDER, 3.924.754 euros, de um investimento total de 4.617.358 euros. Entre os apoios mais elevados estão também os 3.220.140 euros (de um investimento total de 3.821.000 euros) atribuídos à Unidade Local de Saúde de Castelo Branco para remo-delação e ampliação do Hospital Amato Lusitano e os 2.613.750 euros (de um investimento total de 4.202.233 euros) que o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra vai receber para ampliação e remodelação do serviço de urgência do polo dos Hospitais da Universidade de Coimbra.
Dos doze projectos, aquele que implica um investimento total mais elevado é o do alargamento e remodelação das instalações da urgência polivalente do Centro Hospitalar Tondela Viseu, de 5.649.039 euros, que terá um apoio FEDER de 1.338.425 euros.
De acordo com a CCDRC, o Centro 2020 já aprovou, no total, 33 projectos na área da saúde, que totalizam um inves-timento de 44 milhões de euros e um valor de fundos europeus de cerca de 30 milhões de euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close