Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” leva animação a Almeida

A “Roda dos Expostos” é o tema do evento cultural que decorrerá, no Sábado, na vila de Almeida, no âmbito do ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021. Segundo a Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico, o evento “Do Convento à Roda dos Expostos. Almeida, 1843” levará visitantes e habitantes de Almeida «numa inesquecível viagem no tempo, pela História, cultura, costumes e tradições da Aldeia Histórica».

«Instituída, em Almeida, no ano de 1843, a roda dos expostos (ou dos “enjeitados”) consistia num mecanismo utilizado para abandonar (na linguagem da época, expor ou ‘enjeitar’) recém-nascidos, que ficavam ao cuidado das instituições de caridade», explica a associação em comunicado. A nota acrescenta que o mecanismo, «em forma de tambor ou portinhola giratória, embutido numa parede, era construído de tal forma que, quem deixava a criança, não era visto por aquele que a recebia».

O evento do ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” que está agendado para a Aldeia Histórica de Almeida, “promove visitas guiadas encenadas e comentadas, mas também momentos musicais e gastronómicos alusivos à altura, oferecendo, assim, a visitantes e habitantes de Almeida, uma autêntica viagem no tempo», lê-se.

Segundo a fonte, «o dia começará de forma muito doce», junto ao Turismo Municipal, com a doçaria e os saberes antigos em grande destaque, a partir das 10:00. Segue-se, pelas 10:30, uma visita guiada e comentada por Augusto Moutinho Borges, historiador e professor universitário, com encenação e performance da equipa artística da Cooperativa Artística da Raia Beirã (CARB), dedicada ao mecanismo da “Roda dos Expostos”, no século XVI, em Almeida.

O programa do evento cultural e de animação também incluirá uma apresentação de doçaria conventual (15:00), uma visita guiada dedicada ao culto da fé na Aldeia Histórica de Almeida (16:30), um ‘showcooking’ com o “chef” Álvaro Costa e Olga Cavaleiro (19:30) e um concerto de Paulo de Carvalho e Victor Zamora (22:00).

Devido à pandemia de covid-19, a participação no evento será limitada e sujeita a inscrição prévia, mas a organização adianta que a festa poderá «ser sentida e vivida em todo o mundo», via “streaming”, no Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

A inscrição é gratuita e pode ser feita para a totalidade das atividades ou apenas para um momento específico, sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada actividade.

O evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do município de Almeida, associações e agentes económicos locais, com o apoio do Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close