Clubes da 1ª Divisão Distrital têm que jogar em campos relvados a partir da época 2018/2019

A recomendação da Federação Portuguesa de Futebol surge no âmbito da Certificação dos Clubes a partir de 2020 mas a Associação de Futebol da Guarda já informou os clubes de que a partir de 2018/2019 os clubes do 1º escalão de seniores terão de jogar em campos relvados, seja relva natural ou sintética. Na próxima temporada, que se inicia no dia 24 deste mês, todos os campos já são relvados, uma vez que a equipa de Vila Cortez do Mondego vai jogar no Campo do Zâm-bito ou no Estádio Munici-pal da Guarda.

Faustino Caldeira
faustinocaldeira@gmail.com

Na temporada de 2018/2019 todos os campos de futebol das equipas que represen-tam o Campeonato Dis-trital da 1ª Divisão são obrigados a ter um relvado, seja natural ou sintético. A medida surge de uma recomendação da Federação Portuguesa de Futebol até porque a partir de 2020 os clubes terão que estar certificados, começando este processo pelos clubes da 1ª Liga Portuguesa, uma vez que das 18 equipas que participam nessa competição, apenas 9 estão certificadas. «Será um processo que levará o seu tempo, começa pelos clubes da 1ª Liga e, mais tarde, pode chegar aos campeonatos distritais», explicou o presidente da Associação de Futebol da Guarda. Amadeu Poço acrescentou que «essa certificação contempla uma série de requisitos». «A maioria dos clubes vai ter dificuldades para obter essa certificação», adiantou.
Quanto ao arrelvamento dos campos, o dirigente referiu que «a Associação de Futebol da Guarda já informou os clubes e já nesta temporada todos os jogos do Campeonato Distrital da 1ª Divisão serão em campos relvados porque o Centro Cultural e Desportivo e Recreativo de Vila Cortez do Mondego vai jogar no Campo do Zâmbito».

Campo 3 de Maio vai sofrer obras
O Campo 3 de Maio, em Vila Cortez do Mondego, no concelho, vai sofrer obras de requalificação para receber um relvado sintético, que já deverá estar concluído no final da temporada que se avizinha. Pelo menos é essa a previsão dos dirigentes do clube do concelho da Guarda. As obras deverão começar no final deste mês ou no início de Outubro com a demolição da actual bancada, uma vez que as medidas do rectângulo de jogo também vão ser alteradas. O sintético terá 100×64 metros mas a estrutura das bancadas deverá ser aproveitada para o futuro complexo desportivo. «A zona onde estão actualmente as bancadas será demolida. Essa será a 1ª fase e depois será instalado o relvado que será com dimensões maiores dos que as existentes», avançou fonte do clube, acrescentando ainda que «a instalação das bancadas será numa fase seguinte mas a estrutura será aproveitada. Os balneários também ficam os mesmos porque a obra contempla apenas o relvado sintético. O concurso já foi feito, falta adjudicar a obra e no final deste mês ou no início do próximo, começam as obras», adiantou a mesma fonte.
Com o arrelvamento do Campo 3 de Maio, todos os jogos do Campeonato Distrital da 1ª Divisão Distrital passarão a ser disputados em relvados. Mas já na temporada que se avizinha e que terá início no dia 24 de Setembro, todos os campos têm relva sintética ou natural. Curiosamente, a maioria são sintéticos (10) e 4 de relva natural, casos do Estádio Municipal da Guarda, Gouveia, Sabugal ou Figueira de Castelo Rodrigo. Em Seia o relvado também é natural mas não é usado por equipas do futebol sénior, acontecendo o mesmo em Pinhel, mas na cidade falcão o relvado é sintético.
Na 2ª Divisão Distrital ainda existem 5 campos pelados (Paços da Serra, Casal de Cinza, Freixo de Numão, Pala e Alverca). Os campos onde joga o Sporting de Vilar Formoso e o Desportivo de Foz Côa são de relva sintética e o Celoricense joga no relvado natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close