Concelho da Guarda tem mais de 350 casos activos de covid-19, num total de 1092 infecções nos concelhos da região

O Governo vai anunciar amanhã as medidas que vai adoptar no âmbito do novo estado de emergência, votado hoje na Assembleia da República. Em cima da mesa está a possibilidade dos concelhos com maior risco de contágio serem divididos por escalões em função da gravidade da situação. Um escalão para aqueles concelhos que estão entre os 240 e os 480 casos diários [por 100 mil habitantes], com medidas restritivas mais leves, um escalão intermédio que envolve os concelhos entre os 480 casos e os 960; e um escalão máximo, onde as restrições vão ser mais intensas, nos casos onde os concelhos verificam um número superior a 960. O distrito da Guarda tem actualmente 10 concelhos considerados de risco elevado no contágio da covid-19: Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Manteigas, Meda, Seia, Trancoso e Vila Nova de Foz Côa. O concelho da Guarda continua a destacar-se no número de casos activos. O último relatório de situação, entregue pela Unidade Local de Saúde da Guarda aos municípios, com dados reportados a 18 de Novembro, indicava que no concelho da Guarda havia 359 casos activos de covid-19, num total de 1092 infecções nos 13 municípios da área da ULS. O concelho da Guarda é o que regista também maior número de falecimentos (17), num total de 54 verificados desde o início da pandemia. Na lista de concelhos com maior número de casos activos no distrito surge depois Seia, com 160 infecções e Celorico da Beira com 127. Dos restantes concelhos do distrito na lista de risco Figueira de Castelo Rodrigo tinha 83 casos activos; Manteigas registava 72; Trancoso 65; Vila Nova de Foz Côa 44; Fornos de Algodres, Meda e Almeida com 20 cada um. O concelho do Sabugal não consta da lista de concelhos com medidas mais restritivas, mas na última semana registou um aumento de casos activos devido a dois surtos em lares de idosos. Esta quarta-feira contabilizava 79 casos activos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close