Condutor e proprietário da carrinha que vitimou 12 pessoas em França julgados em 2018

O condutor e o proprietário da carrinha (ambos naturais de Palhais, Trancoso) envolvida no acidente de viação em que morreram 12 portugueses em 24 de Março do ano passado devem ser julgados em 2018. A informação foi confirmada hoje à Lusa pelo advogado do jovem motorista português, Antoine Jauvat, que explicou que terminou a fase de instrução e que o caso transita para julgamento no Tribunal Correcional de Moulins.
«A fase de instrução terminou. O julgamento vai ser em 2018, mas a data da audiência ainda não foi fixada», afirmou Antoine Jauvat, acrescentando que a passagem do processo para julgamento «não é uma surpresa» e que «não significa que o juiz de instrução o considera como culpado, mas que as acusações são suficientes para o submeter a julgamento».
O condutor, na ocasião com 19 anos e actualmente com 21, e o proprietário do veículo, tinham sido acusados de homicídio involuntário e ferimentos involuntários agravados. O advogado precisou que o jovem «continua sob controlo judiciário» e «trabalha numa empresa de construção civil» em França.
As 12 vítimas mortais, com idades entre os 7 e os 63 anos, viviam na Suíça e deslocavam-se a Portugal numa carrinha de seis lugares que embateu frontalmente com um veículo pesado na Estrada Nacional 79, na localidade de Moulins, um troço da RCEA (Estrada Centro Europa e Atlântico), conhecida por ser uma estrada perigosa.
A 08 de Janeiro deste ano, também na Estrada Nacional 79, na direcção Mâcon-Moulins, o despiste de um autocarro com 32 passageiros portugueses provocou quatro mortos, três feridos graves e 25 ligeiros.
A RCEA é conhecida como “a estrada da morte” e foi classificada como “a estrada mais perigosa de França” pelo jornal Libération, em Fevereiro deste ano, numa reportagem em que se revela o tráfego é de “10.000 veículos por dia, 40 por cento são veículos pesados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close