Costa anuncia pacote de apoios às famílias

O pacote de apoios às famílias que o Conselho de Ministros extraordinário aprovou hoje para mitigar o impacto do aumento do custo de vida no rendimento tem o valor global de 2.400 milhões de euros.

O custo total do plano foi anunciado hoje pelo primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa, após o Conselho de Ministros, em Lisboa.

Intitulado “Famílias primeiro”, o plano de resposta ao aumento dos preços do Governo, anunciado há momentos, vai intervir nos rendimentos, na electricidade, no gás, nos combustíveis, nas rendas e nos transportes, passando ainda por medidas centradas nos pensionistas e nas crianças e jovens.

São estas as medidas do Governo: pagamento extraordinário de 125 euros a cada cidadão com rendimento até 2700 euros mensais; pagamento extraordinário de 50 euros por cada descendente que tenham a cargo, criança ou jovem; um suplemento extraordinário para pensionistas equivalente a meia pensão, paga de uma só vez em Outubro; redução para 6% da taxa de 13% do IVA sobre a electricidade, que será apresentada à Assembleia da República e deverá estar em vigor até 1 de Outubro; permitir aos consumidores de gás o regresso ao mercado regulado ou a suspensão da taxa de carbono e do imposto sobre os produtos petrolíferos.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close