Decreto que renova emergência com «poucas diferenças» face ao anterior

O Governo aprovou hoje o decreto que regulamenta a prorrogação do Estado de Emergência, que tem «poucas diferenças» em relação ao anterior e prevê a possibilidade de comemorações oficiais do 1.º de Maio mediante «recomendações das autoridades de saúde».
O anúncio foi feito pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, em conferência de imprensa na Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, depois da aprovação, por via electrónica, do decreto que regulamenta a prorrogação do estado de emergência, incluindo «ajustamentos às medidas aprovadas e adoptando-se outras medidas que se consideram necessárias».
«Este decreto tem poucas diferenças face ao decreto aprovado há 15 dias, além de deixar de ter as medidas relativas à Páscoa, tem ainda a prevista a possibilidade de participação em actividades relativas às comemorações oficias do dia do trabalhador, mediante a observação de recomendações das autoridades de saúde, designadamente em matéria de distanciamento social e através da articulação entre as forças de segurança e os parceiros sociais», referiu Mariana Vieira da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *