Deputados do PSD questionam Governo sobre carência de enfermeiros na ULS da Guarda

Os deputados do PSD eleitos pela Guarda questionaram na semana passada o Governo sobre a carência de enfermeiros na Unidade Local de Saúde, onde, segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, é necessária a contratação de mais 65 profissionais.
No requerimento enviado ao ministro da Saúde através da Assembleia da República, os deputados social-democratas referem que «são consabidas as dificuldades muitas vezes existentes no recrutamento de recursos humanos especializados para as unidades prestadoras de cuidados saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) localizadas no interior do país, de que a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda não deixa de constituir um exemplo».
Os deputados apontam que entre 2013 e 2014 se verificou, em relação ao pessoal de enfermagem, «um recrutamento de mais 60 profissionais, o que correspondeu a uma variação positiva de 10,8%», mas referem que continuam a faltar enfermeiros naquela unidade de saúde, que abrange dois hospitais (Guarda e Seia) e 13 centros de saúde do distrito (exceto o de Aguiar da Beira). «Sabemos continuar a verificar-se alguma escassez desses profissionais na ULS da Guarda, como ainda recentemente também o referiu o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, que terá sustentado a necessidade de contratação de mais 65 profissionais para aquela unidade do SNS, a fim de melhorar a prestação de cuidados de saúde à população do distrito da Guarda», sustentam.
No requerimento, os deputados do PSD Ângela Guerra, Carlos Peixoto e Miguel Santos indicam que importa assegurar a abertura dos concursos e a disponibilização das vagas e perguntam como e quando tenciona a tutela avançar com as contratações. «Quais são as carências de profissionais de saúde que atualmente se verificam na ULS da Guarda, em especial no que se refere a pessoal de enfermagem?» é outra das perguntas.

Deputado diz que PS fará tudo
para resolver carência de enfermeiros na Guarda
O deputado socialista Santinho Pacheco assegurou esta semana que o partido fará tudo para resolver os problemas do Serviço Nacional de Saúde (SNS), incluindo a carência de enfermeiros na Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda. «Da nossa parte, Grupo Parlamentar do PS, em sintonia com o Ministério da Saúde, tudo continuaremos a fazer para dar resposta pronta e eficaz aos problemas herdados do anterior Governo PSD/CDS, em todas as áreas da governação, com particular destaque para o SNS», refere Santinho Pacheco em comunicado enviado à agência Lusa.
O deputado eleito pelo círculo eleitoral da Guarda reagiu desta forma à atuação dos deputados do PSD eleitos pelo distrito. Sobre os motivos que levaram os deputados do PSD/Guarda a formularem uma pergunta ao Governo, sobre a falta de enfermeiros na ULS, Santinho Pacheco refere que «não foi por certo a novidade da situação». «Em setembro de 2015, durante a campanha eleitoral para as [eleições] legislativas, os então já deputados e candidatos do PSD defendiam que “a Saúde no distrito da Guarda era um não problema”, apesar da administração da ULS informar oficial e publicamente que faltavam 70/80 enfermeiros nos vários serviços da ULS», lembra.
Na opinião do socialista, «como não foi a novidade» a questão colocada pelos eleitos do PSD, só pode ter sido por «uma de duas razões». «Ou uma forma de responder politicamente à reunião que eu próprio tive com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, no passado dia 18 de Março (…); ou, então, trata-se de um ataque velado à atuação da administração da ULS-Guarda, estrutura que se mantém desde o tempo do último Governo PSD/CDS, por não ter ainda resolvido o problema de falta de recursos humanos», refere na nota.
A ULS da Guarda abrange dois hospitais (Guarda e Seia) e 13 centros de saúde do distrito (excepto o de Aguiar da Beira).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close