Desportivo de Gouveia terminou o campeonato com vinte pontos de avanço para o 2º classificado

À 21ª jornada, o Desportivo de Gouveia conquistou o 1º lugar do Campeonato Distrital da 1ª Divisão. Os serranos terminaram a época apenas com uma derrota, à 6ª jornada, e têm o melhor ataque e melhor defesa da competição. A entrada para a última jornada do campeo-nato, faltava definir quem acompanhava o Vila Franca das Naves à 2ª Divisão Distrital. O Celoricense, apesar da vitória na última ronda, acabou por ficar na zona de despromoção.

 

Não há memória nos campeonatos distritais mais recentes do 1º classificado terminar a competição com vinte pontos de avanço do 2º lugar. A formação do Desportivo de Gouveia, a única que se assumiu como candidata ao título, desde cedo que demonstrou que não iria deixar fugir esse objectivo. À 6ª jornada, os comandados de Jorge Cardoso perderam os únicos 3 pontos da época, em Fornos de Algodres, tendo retomado o rumo das vitórias até ao final da prova. O treinador já tinha sido campeão na temporada de 2013/2014, o Desportivo subiu ao Campeonato Nacional de Seniores mas acabou por descer no final da temporada, na altura comandado por Marco Tábuas, antigo guarda-redes do Vitória de Setúbal.
Apesar da despromoção, alguns atletas continuaram no plantel e o clube reforçou-se a pensar no regresso ao agora denominado Campeonato de Portugal.
Na próxima época, tudo leva a crer que Jorge Cardoso vai merecer a confiança da direcção liderada por Alberto Cardoso. No final do encontro em Pinhel, o técnico adiantou que já houve contactos mas que ainda falta o acordo final. O plantel é que deverá sofrer algumas alterações.
Contas feitas, o Desportivo de Gouveia fez 75 pontos (dos 78 possíveis), marcou 79 golos e sofreu 16, tendo o melhor ataque e a melhor defesa da prova.
Durante várias jornadas da fase inicial da época, o Sporting de Meda foi a equipa que andou mais perto dos novos campeões distritais, mas quando as duas formações se defrontaram na 2º volta, na Meda, já os serranos levavam 9 pontos de avanço. Essa vitória colocou, definitivamente, o Desportivo na rota do título e os festejos, no final do encontro, foi quase a conquista antecipada de um campeonato que muito dificilmente fugiria, até porque a partir daí também o Sporting de Meda acabou por perder pontos, tendo acabado no 3º lugar.
Quem aproveitou os desaires dos medenses foi o Desportivo de Trancoso que, surpreendentemente, se agarrou ao 2º lugar. A formação orientada por José Pinto, composta por um misto de jovens e veteranos ficou a 20 pontos do líder mas parece ter criado bases para o futuro, tal como o Sporting de Meda, o Aguiar da Beira, que ficou em 4º lugar e a Desportiva de Fornos de Algodres que, neste regresso à 1ª Divisão, mesmo com alguns altos e baixos, acabou por fazer um campeonato dentro do que era esperado.
As restantes equipas entre o 6º e o 11º lugar ficaram separadas por poucos pontos (6). Do Ginásio Figueirense esperava-se mais mas o grupo de trabalho também se debateu com vários problemas ao longo da época, entre os quais a falta de um local para treinar.
Já a luta pela manutenção ficou entre o Sporting de Vilar Formoso e o Sporting Celoricense. A tardia preparação da temporada deixou as duas formações em “luta” até à última jornada, tendo o conjunto da fronteira conquistado o ponto que lhe faltava em Aguiar da Beira, de nada valendo a vitória do Celoricense diante do Ginásio. Quanto à Associação Desportiva de Vila Franca das Naves acabou por fazer um campeonato sofrido, tendo conquistado apenas 6 pontos, resultado de 6 empates, o último na derradeira jornada da prova.
Se não houver desistências o Celoricense e o Vila Franca das Naves descem à 2ª Divisão Distrital. Já a Desportiva de S. Romão e o Estrela de Almeida alcançaram o regresso ao principal campeonato da Associação de Futebol da Guarda, onde também vai estar o Sporting do Sabugal.
Os raianos perderam com o Sporting Ideal, por 2-0 e foram despromovidos a uma jornada do final do Campeonato de Portugal.

 

Faustino Caldeira
fcaldeira@gmpress.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close