Distrito da Guarda registou 78 ocorrências

O distrito da Guarda registou 78 ocorrências sem gravidade, a maioria relacionadas com quedas de árvores, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) local. Segundo a fonte, no âmbito das várias ocorrências que foram registadas “um pouco por todo o distrito, não há danos pessoais a lamentar”.
O maior número de incidentes foi relacionado com quedas de árvores (51), seguindo-se a limpeza de vias (10), inundações (sete) e quedas de estruturas móveis de publicidade e de andaimes da construção civil (seis).
O CDOS da Guarda registou ainda duas quedas de elementos em construção, um desabamento de estruturas edificadas e uma movimentação de terras.
Em todo o país, a Proteção Civil registou durante a madrugada de hoje mais de 3.010 ocorrências relacionadas com o mau tempo, que provocou mais de 1.900 quedas de árvores, 346 inundações e 34 deslizamentos de terras.
Pelas 08:35, segundo o CDOS da Guarda, ocorreu uma colisão rodoviária entre dois veículos ligeiros, na estrada nacional 231, no concelho de Seia, que causou um ferido grave e um ligeiro. Estiveram no local os Bombeiros Voluntários de Seia, com cinco homens e duas viaturas, indicou a fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close